Olhar Conceito

Notícias / Cinema

'ANTES DO MUNDO ACABAR'

Aprovado pela Lei Aldir Blanc, curta gravado em Cuiabá aborda HIV e cultura drag queen

Da Redação - José Lucas Salvani

18 Mar 2021 - 14:12

Foto: Reprodução/Divulgação

Aprovado pela Lei Aldir Blanc, curta gravado em Cuiabá aborda HIV e cultura drag queen
O curta-metragem “Antes do Mundo Acabar”, do produtor cultural mato-grossense Lucas Lemos, irá abordar questões sobre o HIV e a cultura drag. A produção foi gravada em Cuiabá durante o período do Carnaval e recebeu R$ 25 mil para sua execução por meio da Lei Aldir Blanc.

Leia também:
Box de Curtas prepara lançamento de quatro filmes ao longo de 2021

"Em todos os detalhes, pensamos em valorizar a arte mato-grossense, as mulheres, os LGBTQI+ e a cultura brasileira, seja na trilha sonora, com a canção ‘Tá vendo seu moço’, já confirmada por Karola Nunes e também a música ‘Plus Size’, da cantora do gênero música gorda, Hend Santana. Já na direção de arte do apartamento do casal Geovane (Eros Sgorlon) e Ricardo (Caio Augusto Ribeiro), obras dão o tom da narrativa, assinadas pelos artistas Henrique Magalhães, Gilmar Xavier, Seu Ely, Carla Renck, Tami Gondo Lage, Adriano Figueiredo, Xico Macedo, Maurício Mota, Hugo Alberto e Gilmar da Ilha. Além disso, foi gerada economia direta e indireta com transporte, alimentação e a remuneração de toda a equipe envolvida, fomentando a economia local", disse Lemos.

Além dos artistas já mencionados, Bárbara Eugênia, destaque na música nacional, também confirmou a faixa "Por aí", que faz parte da primeira sequência de cenas do filme. Nomes como Johnny Hooker e Clarice Falcão também estão sendo cotados para fazerem parte da trilha sonora do curta. Latitude Filmes - Duflair Barradas, Estúdio Fenda, Tucum Camisaria, Bazar Okan, Leandro Brito, Anne Mathilde e Use Passífica são alguns dos apoiadores do projeto.

"Se fazer cinema no Brasil não é tarefa fácil, imagina em Mato Grosso. E vejo que Antes do Mundo Acabar traz esse caráter de resistência não só pelo roteiro, mas também em relação ao nosso fazer artístico nessa terra que, mesmo diante das dificuldades enormes, está sendo possível graças ao incentivo de uma lei federal e do apoio da classe artística. Mas, não devemos esquecer que medidas como essas devem ser tomadas com mais frequência, para que a classe possa ter condições sustentáveis de se manter trabalhando com o mercado artístico", completou Lucas.

“Antes do Mundo Acabar” acompanha Pedro, um adolescente que mora na periferia, é gordo e vive com HIV. O jovem sonha em ter um canal no YouTube inspirado na drag queen Rita Von Hunty e conta com a ajuda do casal Geovane e Ricardo, ambos da classe média. Conforme a trama avança, surge um clima de muita parceria entre os três, dando espaço para o nascimento de uma possível paixão entre os três.

O curta está previsto para ser lançado no dia 31 de março, data que marca o Dia Internacional da Visibilidade Trans.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet