Olhar Conceito

Notícias / Comportamento

Amor em Ação

Instituição doa 800 cestas básicas na pandemia: “não consigo ser feliz enquanto tiver pessoas infelizes”

Da Redação - José Lucas Salvani

25 Mar 2021 - 10:35

Foto: Reprodução/Divulgação

Instituição doa 800 cestas básicas na pandemia: “não consigo ser feliz enquanto tiver pessoas infelizes”
Desde março do ano passado, a Instituição Amor em Ação já doou cerca de 800 cestas básicas para famílias carentes. Presidente da Instituição, o advogado Victor Hugo Senhorini de Aquino, de 36 anos, afirma que se envolve nestas ações porque enquanto houver pessoas infelizes ao seu redor, ele não consegue ser feliz.

Leia também:
Professor do IFMT cria projeto que distribui café da manhã para moradores de rua e cestas básicas

“O que mais me motivou foi o viés religioso. Eu sou cristão, então eu não consigo deitar na minha cama sabendo que tem uma pessoa alí na rua que tá dormindo com fome, uma criança passando necessidade, então esse viés cristão e religioso foi a principal motivação de fazer algo pelo próximo como ser humano. Acho que não consigo ser feliz enquanto tiver pessoas infelizes ao meu redor”, conta ao Olhar Conceito.

As primeiras ações surgiram como um projeto solidário entre amigos, em 2014. Posteriormente, em 2016, o grupo resolveu se institucionalizar para poder expandir suas ações. Antes da pandemia, por exemplo, o Amor em Ação visitava o Hospital Santa Helena para dar assistência religiosa, fraterna ou financeira para mães do interior que estavam com seus filhos sem condições financeiras.

Outra ação que era realizada pelo Instituto era a entrega de marmitas, cobertor e roupas para moradores de rua de Cuiabá em dois sábados do mês. Em média, o grupo conseguia viabilizar cerca de 500 refeições mensalmente.

Com a chegada da pandemia do novo coronavírus, visando à biossegurança, essas duas ações estão temporariamente suspensas. “Então temos arrecadado e doado várias cestas básicas desde março do ano passado, em parceria com várias empresas que acreditam no nosso trabalho, a CDL Social, a Secretaria de Assistência Social, através da Maria Antônia, e a gente já conseguiu doar mais de 800 cestas básicas”.

A Instituição possui uma média de 200 voluntários rotativos e cerca de 30 fixos que sempre estão ajudando nas ações. Por enquanto,a Instituição deve focar apenas nas cestas básicas porque a demanda cresce mensalmente.

“Por enquanto estamos focados nas cestas básicas porque a demanda é muito alta, e cresce mês a mês, infelizmente. Todos os meses o número de pessoas que pedem e que precisam só aumenta. Então durante esse período estamos focados exclusivamente nas cestas básicas, e a gente tá torcendo para que esse cenário melhore e a gente possa voltar com as outras atividades”.

Para acompanhar as atividades do Instituto Amor em Ação, basta acessar seu Instagram. Aqueles que se interessarem em contribuir com o trabalho da Instituição, basta entra em contato com Victor no WhatsApp, pelo número (65) 98122-1177.

Um Espírita Responde

Presidente da Instituição, Victor também se dedica à advocacia há 12 anos, além do trabalho voluntário. Seu sonho é poder trabalhar exclusivamente com o meio social, mas enquanto isso não acontece, ele tenta conciliar os seus dois trabalhos.

“Eu sempre gostei dessa parte da advocacia, que é também uma possibilidade de poder ajudar outras pessoas. Então eu gosto bastante da minha área, me sinto feliz advogando. É uma possibilidade de ser útil para a sociedade através da profissão. Se eu pudesse, na verdade é o meu sonho, ganhar muito dinheiro e viver só pelo o projeto, mas quem sabe eu ganhe na Mega-Sena, mas até lá precisamos fazer as duas coisas”.

Victor também possui um Instagram para divulgar mensagens, “tentando trazer algo de bom nesse período da pandemia, sobre essa situação que estamos vivendo”. O Instagram se chama “Um Espírita Responde”.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet