Olhar Conceito

Quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Notícias / Carreira

'Legacy'

Irmãs se juntam para manter legado de mãe com venda de pratas pelo Instagram

Da Redação - José Lucas Salvani

29 Mar 2021 - 10:30

Foto: Reprodução

Irmãs se juntam para manter legado de mãe com venda de pratas pelo Instagram
As irmãs Elisiane Karla Assunção Senhorini e Vanessa Karine Assunção Bess se juntaram para manter o legado de sua mãe, Elisete, com a venda de pratas pelo Instagram. Não só como homenagem à mãe, a Legacy surgiu em meio as crises de ansiedade sofridas por Elisiane. Além do acompanhamento médio, o negócio ajudou a aliviar as crises.

Leia também: 
Após conhecer doceria em SP, engenheira civil investe em sobremesa inglesa para vender por delivery

“A crise de ansiedade não é uma brincadeira. Você acaba se preocupando com tudo”, detalha. “O fato de eu ter iniciado as vendas e mexer algo diferente [contribui] - claro, gosto do meu trabalho, senão não estaria há 12 anos -, mas o fato de estar trabalhando com algo que também me faz feliz, [faz] você trabalhar com prazer. Eu gosto do que faço”, conta ao Olhar Conceito.

Em 2020, com o novo coronavírus, Elisiane, que é gerente de relacionamento em um banco, passou para o sistema de home office logo no início da pandemia. Desta forma, ela começou a ter crises de ansiedade e, como o seu quadro só se agravava com o tempo, ela procurou buscar formas de ocupar sua mente.

Em meio a essa busca, ela também fazia acompanhamento médico e lembrou de sua mãe, que vendia prata e semijoias para sustentar a família. “Então minha mãe separada, com duas filhas, a renda dela era a venda de semijoias. Juntando isso - ela vendeu por mais de 20 anos lá no Paraná - pensamos: por que não? Por isso o nome é Legacy, que é a continuação do que a nossa mãe fazia”.

A Legacy oferece tanto peças masculinas como femininas. Há aneis, pulseiras, correntes, brincos e pingentes que são usados pelas próprias irmãs, como modelos, para poder mostrá-las no Instagram. “Não vou e compro um lote. Cada peça e detalhe são extremamente pensados e analisados”.

As pratas são vendidas tanto em Cuiabá como em Lucas do Rio Verde (a 332 km de Cuiabá), onde Vanessa reside. Para comprar, basta entrar em contato no Instagram ou pelo WhatsApp, no número (65) 99905-9304.

“Acho que é muito importante ter um sonho, e não ter medo ou preguiça de correr atrás dele. O motivo de termos iniciado as atividades de venda de forma autônoma foi sim em decorrência da pandemia, e inspirado em nossa falecida mãe Elizete Zatta, que não mediu esforços para nos sustentar, sendo ela mãe divorciada. E deu certo, está dando certo. Isso acabou nos aproximando mais como família, por mais que ela more em Lucas do Rio Verde, além de nos proporcionar um momento de descontração onde podemos fazer algo que gostamos muito que é trabalhar com pratas”, finaliza.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet