Olhar Conceito

Notícias / Comportamento

Stanya Cavalcante

Ex-The Voice, cantora cuiabana comenta caso de racismo no BBB: “as lutas seguem as mesmas”

Da Redação - José Lucas Salvani

06 Abr 2021 - 16:25

Foto: Reprodução/Divulgação/Globo

Ex-The Voice, cantora cuiabana comenta caso de racismo no BBB: “as lutas seguem as mesmas”
Ex-The Voice, a cuiabana Stanya Cavalcante comentou o caso de racismo sofrido pelo participante João Luiz no Big Brother Brasil (BBB) 2021 desde o último sábado (3), quando o cantor Rodolffo comparou o cabelo dele com uma peruca de homem das cavernas. No Instagram, Stanya ressaltou que “as lutas seguem as mesmas”.

Leia também:
Racismo, bifobia e cultura do cancelamento no BBB: “Todo mundo lá é gente, as pessoas vão errar”, diz pesquisadora

Na publicação feita na rede social, a cantora utilizou um print de 2015 para expor o racismo que ela mesma já sofreu, também com o seu cabelo, assim como aconteceu com João. “O print é de 2015, de um dos comentários que já recebi sobre meus traços, minha raça. Hoje, 2021, as lutas seguem as mesmas. Nos rotulam, menosprezam, nos invalidam e usam justificativas deploráveis para nos atacar. Chega! A minha dor nunca foi e nunca será brincadeira”, desabafou.

 


Desde o último sábado, usuários das redes sociais tem debatido sobre o racismo sofrido por João. Tudo começou quando Rodolffo comparou o cabelo do participante de uma peruca de uma fantasia de homem das cavernas. Naquele mesmo dia, João desabafou com a influencer Camilla de Lucas, e chorou ao explicar o ocorrido.

A situação se agravou na última segunda-feira (5), quando João resolveu expor a situação para os demais brothers. “Isso para mim, tocou em um ponto muito específico. O jogo pode ser de coisas que vivemos aqui dentro, mas também tem que ser um jogo de respeito”, desabafou João. “Naquela hora no quarto, eu me calei, eu me calei lá dentro, e não falei nada, mas você não sabe o quanto isso me machucou”, completou.

Na tentativa de se defender, Rodolffo, que está no Paredão junto de Gilberto e Caio voltou a comparar seu cabelo. “Se todo mundo observou como era a peruca do Monstro, acredito eu que é um pouco semelhante”.

Passagem no The Voice

A primeira participação de Stanya aconteceu no início de novembro de 2020, no último dia de audições. Os jurados viraram suas cadeiras quase ao fim da canção. O primeiro jurado a virar a cadeira foi Carlinhos Brown, seguido de Michel Teló, Iza e Lulu Santos. Stanya Cavalcante não conseguiu segurar a felicidade e pulou de alegria quando viu que conseguiu conquistar todos os quatro jurados do reality show.

“Você pegou uma canção difícil de ser executada e mostrou um potencial maravilhoso. Tem uma grande voz, um agudo perfeito e um controle vocal muito bom, mesmo com essa canção que é muito difícil”, elogiou Michel Teló. “A escolha que você faz aqui para a gente é muito importante. Foi o que eu estava pensando ao longo de sua apresentação. Eu estava te ouvindo e curtindo, entendendo que talvez com outra escolha musical você possa mostrar ainda mais o que sabe fazer”, completou Iza.

Apesar dos quatro jurados terem virado a cadeira, Stanya resolveu escolher a cantora Iza como sua treinadora no reality. “Você conquistou os nossos corações e é incrível. Você é diferente e sua energia é maravilhosa. Sua voz é maravilhosa. Muito obrigada!”, agradeceu Iza.

Já no final daquele mesmo mês, Stanya foi eliminada durante a última Batalha do programa antes de iniciar a fase ao vivo. Stanya era a única representante mato-grossense da temporada de 2020.

No Instagram, a cantora publicou um vídeo agradecendo pela oportunidade e, mesmo perdendo a batalha, se sentiu vitoriosa. “Se vocês estão vendo esse vídeo, é porque eu provavelmente eu venci a batalha. Eu ganhei a batalha sabe por quê? Por causa da Iza. Eu ganhei uma couch. Aquela mulher é maravilhosa, como sempre fui muito fã dela. Ganhei o coração do Lulu, Teló e Brown”, disse.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet