Olhar Conceito

Segunda-feira, 21 de junho de 2021

Notícias / Artesanato

Fomento

Loja no Beco do Candeeiro irá abrigar peças de 300 artesãos de Cuiabá

Da Redação - José Lucas Salvani

17 Mai 2021 - 11:16

Foto: Gustavo Duarte

Loja no Beco do Candeeiro irá abrigar peças de 300 artesãos de Cuiabá
Uma nova loja no Beco do Candeeiro, localizado na rua 27 de Dezembro, no Centro Histórico da capital, irá abrigar peças de cerca de 300 artesãos cadastrados na Associação de Artesãos Homens e Mulheres de Fibra em Cuiabá. O espaço da loja foi concedido pela Prefeitura, que reformou parte de um casarão histórico para abrigar as obras artesanais.

Leia também:
Última semana do Cinemato traz mostras temáticas; premiação na próxima sexta

O ambiente foi preparado para comercialização de peças artesanais em tecido, jornal, vidro e madeira, com temáticas que permeiam a cuiabania e cultura mato-grossense e também para atender ao público que deseja conhecer um pouco mais da história de Cuiabá com mais conforto.

A loja faz com que os artesãos tenham um espaço fixo para a venda de suas peças. Todo o dinheiro da venda fica para os artesãos, que arcam apenas com os custos de manutenção do local, sem cobrança de aluguel.

Ermelinda Maria da Silva, artesã há mais de 30 anos em Cuiabá, especialista em violas de cocho feitas de jornal, é uma das beneficiadas com a criação da loja. “Isso é meu ganha pão, eu vivo do artesanato, por conta da pandemia o Sesc fechou o bulixo, as feiras não funcionam e nós precisamos de um lugar fixo para trabalhar, para resgatar a nossa cultura que está morrendo. Se a gente não se dedicar a mostrar nosso trabalho, vai se perder toda a nossa cultura”, disse.

Reestruturação do Beco

Na última sexta-feira (14), o prefeito Emanuel Pinheiro inaugurou o Beco do Candeeiro após as obras de revitalização serem finalizadas. Com apoio das Secretarias de Ordem Pública, Assistência Social e também do Instituto Patrimônio Artístico Nacional (IPHAN), a obra custou R$ 246.425,82, valor que é fruto de um Termo de Ajuste de Compromisso (TAC).

"Recuperar nossos locais símbolos da cuiabania é restaurar a autoestima do nosso povo. Manter viva a nossa cultura tem sido meta na Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, na gestão Emanuel Pinheiro. Recuperamos mais de 10 equipamentos históricos no primeiro mandato, entregamos hoje o beco com a loja dos artesãos para manter acessa a chama das nossas raízes, iluminar o Beco com arte e cultura da nossa gente", disse o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet