Olhar Conceito

Terça-feira, 21 de setembro de 2021

Notícias / Saúde e Beleza

Dra. Elaine Togoe Kunze

Dermatologista completa 40 anos e dá dicas de como chegar nesta idade com uma pele jovem e saudável

Da Redação - José Lucas Salvani

18 Mai 2021 - 10:40

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Dermatologista completa 40 anos e dá dicas de como chegar nesta idade com uma pele jovem e saudável
Dermatologista há mais de 10 anos, a doutora Elaine Togoe Kunze, que completou 40 anos na última sexta-feira (14), separou diversas dicas sobre como chegar nesta idade com uma pele jovem e saudável.

Leia também:
Dermatologista lista as principais causas de queda de cabelo; veja vídeo

Elaine explica que muitas mulheres começam a ter contato com dermatologistas ainda na adolescência para resolver problemas comuns como a acne. A partir deste momento, começa-se a ter uma convivência e frequência nas clínicas, fazendo com que aos 40 anos as pacientes tenham uma boa pele. “A partir dos 20 elas já estão aqui. Então por isso muitas estão chegando aos 40 muito bem, se comparado com antigamente”, explica.

“O segredo para chegar jovem aos 40 anos, para refletir também em outras idades, é a periodicidade correta entre os tratamentos, respeitar os intervalos e realizar da forma orientada pelo dermatologista”, completa ao Olhar Conceito. Confira as dicas de acordo com idade.

Adolescência

A doutora Elaine relata que os cuidados com a pele precisam ser tomados assim que possível. Ela percebe que os adolescentes têm buscado usar ao menos protetores solares e, dependendo de alguns casos, já procuram dermatologistas para resolver alguns problemas comuns nesta idade. Ela afirma que esta procura é recente, visto que antes os jovens buscavam ajuda profissional apenas em casos bem específicos.

25 anos

Na faixa dos 25 anos, a doutora recomenda o uso de produtos rejuvenescedores e tratamentos não invasivos para manter a qualidade da pele, como lasers e outros tratamentos estéticos dentro da clínica. Ela explica que também é importante ingerir antioxidantes orais, fórmulas rejuvenescedoras orais e colágeno.



30 anos

Em torno dos 30 anos, é recomendado iniciar os tratamentos de prevenção. Nesta fase, já podem ser feitos procedimentos como botox preventivo, para evitar as marcas de rugas que ficam no rosto. Pode-se também começar o uso de bioestimuladores, que são substâncias sintéticas compatíveis com a saúde do paciente, estimulando a formação de colágeno. Há a possibilidade de também realizar um tratamento de textura superficial da pele com lasers e peelings.

35 anos

Segundo a doutora Elaine, entre 30 e 35 anos, o paciente começa a ter diminuição do suporte facial, que é a diminuição da gordura facial, assim como acontece o desgaste ósseo. Isso faz com que a pessoa perca sustentação, que pode ser recuperada com o ácido hialurônico, com o devido preenchimento correto para não ter exageros e não mudar a fisionomia. Desde modo, obtém-se um embelezamento natural da face, devolvendo o suporte.

A partir dos 35 anos, a dermatologista explica que é possível fazer botox esporadicamente para a prevenção das rugas, com um intervalo correto. Nesta faixa de idade também é recomendado o uso dos bioestimuladores uma vez ao ano, assim como o uso do ultraformer anualmente para potencializar a formação de colágeno e lasers para melhorar o colágeno da superfície da pele.

40 anos

Aos 40 anos, a perda de sustentação facial é maior, então se o paciente realizou os procedimentos recomendados ao longo dos anos, ele consegue chegar nesta idade com uma pele mais rejuvenescida, mantendo o suporte facial e com estímulo de colágeno.



Durante esta faixa de idade, a doutora explica que é interessante utilizar um laser fracionado uma vez ao ano para melhorar os poros que têm tendência de abrir com o passar do tempo. 

Dica pessoal

Além de procedimentos estéticos, a doutora ainda recomenda fazer algo que ela mesma faz em casa diariamente. Todos os dias, ela toma uma taça de vinho porque a bebida é um antioxidante natural por conter o resveratrol.

Para todas as idades

Elaine explica que algumas dicas são benéficas para todas as idades. A doutora destaca o uso diário de protetor solar desde criança, de forma correta, com orientação do dermatologista, porque previne marcas futuras, manchas de sol, danos solares e fotoenvelhecimento. Ela também recomenda ter uma boa alimentação.

A dermatologista recomenda que as pessoas passem a realizar exercícios físicos aeróbicos sem excesso. “O aeróbico em excesso faz você perder a gordura facial muito mais rápido. Então, você tem esse envelhecimento mais rápido e você tem a produção de radicais livres de uma forma mais rápida. Se tem uma média de aeróbico, em torno de três vezes na semana, evita o envelhecimento por perda de suporte”, explica.

Além destas dicas, a doutora Elaine afima que “o mais importante é a pessoa buscar viver de forma leve, vendo os lados positivos de qualquer situação, porque o envelhecimento vem também com os estresses diários”, finaliza.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet