Olhar Conceito

Segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Notícias / Música

Alcatraz

MC RH7 retorna a Cuiabá para inaugurações de casa de shows com Orochi e sede de gravadora

Da Redação - José Lucas Salvani

29 Set 2021 - 14:30

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

MC RH7 retorna a Cuiabá para inaugurações de casa de shows com Orochi e sede de gravadora
O MC RH7 retornou para Cuiabá para a inauguração da Alcatraz, em sociedade com Eduardo Sowa, e abertura da sede da BKS, um grupo que o selo Garra Records faz parte. Enquanto a inauguração da casa de shows e eventos está marcada para o dia 8 de outubro, com a presença de Orochi, a abertura da nova sede ficou para o dia 9.

Leia também:
Mato-grossense cozinha feijoada com Gretchen em prova do “MasterChef” e impressiona jurados; assista

“Além de uma casa de shows, é uma casa de eventos também. São dois ambientes que temos e estamos inaugurando o ambiente da boate. Vamos trazer o artista do Rio de Janeiro, Orochi, que estará fazendo um show junto comigo, e DJ Wesley”, conta RH7 em entrevista ao Olhar Conceito. A inauguração, aliás, é algo que o MC queria concretizar há tempos.



Tanto Alcatraz, que ficará localizada na Avenida Miguel Sutil, como a nova sede são importantes passos para fundamentar ainda mais o cenário do funk na capital mato-grossense. RH7 enxerga o funk cuiabano como crescente, com alguns nomes ganhando cada vez mais notoriedade Brasil afora. 

“Eu vejo Cuiabá como o futuro do funk, de verdade. No Rio de Janeiro está tocando [artistas de Cuiabá]. Muitos artistas de São Paulo estão pegando referências de Cuiabá para fazer o funk. Acredito que só falta a capital entender o seu tamanho que tem lá fora, em importância de produção musical, e levar a sério. Tem que valorizar os artistas daqui. Eles tem o mesmo potencial que os artistas de fora”.



Assim, a sede do novo selo de sua gravadora pode dar ainda mais oportunidades para MCs que estão começando, graças a sua estrutura com . “Vai dar oportunidades para diversos artistas daqui de Cuiabá, DJs e MCs, que vão assinar com a empresa em um futuro bem próximo. Inclusive, vamos inaugurar em outubro a filial aqui, BKS e Garra Records”.

Trajetória

Para a família, RH7 é Rhuan Morais Alves Cavalcante. Natural de Recife (PE), mudou-se para Mato Grosso entre 11 e 12 anos de idade por conta de um trabalho de seu pai. Na capital mato-grossense, crescendo em uma família cristã, Rhuan foi perceber o talento com rima na escola.



“Comecei a me descobrir MC no intervalo da escola mesmo, brincando com a pessoa. Eu queria me enturmar de alguma forma. Eu tinha um sotaque e cultura diferentes, mas eu via que a música tinha a mesma pegada da minha comunidade em Recife - o funk e hip hop eram fortes”, detalha ao Olhar Conceito.

Ainda com o nome MC Rhuan, ele começou a fazer os primeiros shows e ganhar seus primeiros cachês. “A brincadeira começou a ficar séria”, conta. Desde então, só cresceu. Com o grupo de jovens da Igreja, fez também rap gospel, momento em que realmente sentiu que poderia ser um artista.



O crescimento foi tamanho que Rhuan montou o selo da Garra Records, que atualmente faz parte do grupo BKS, do empresário artístico Rodrigo Fox, no Rio de Janeiro. Entre as músicas lançadas, estão “Fuga” e “De Radinho e Pistola”.

A mudança do nome artístico veio quando percebeu que já havia muitos MCs Rhuans no Brasil. Um amigo sempre o chamava de RH e decidiu adotar. Posteriormente, acresceu o 7 por representar a perfeição, ser o seu número da sorte e também por ser o preferido de uma de suas avós.

Serviço

Inauguração da Alcatraz com MC RH7 e Orochi
Quando: 08 de Outubro
Onde: Alcatraz
Ingressos: (65) 99272-0880 ou na Barbearia Jatoba Du Corte
Siga a Alcatraz no Instagram
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet