Olhar Conceito

Segunda-feira, 18 de outubro de 2021

Notícias / Comportamento

Nerilde Strey

Mato-grossense vence campeonato de fisiculturismo em Santa Catarina

Da Redação - José Lucas Salvani

02 Out 2021 - 14:14

Mato-grossense vence campeonato de fisiculturismo em Santa Catarina
A mato-grossense Nerilde Strey ficou em primeiro lugar na categoria Wellness Master de até 40 anos, no campeonato Sardinha Classic, em Balneário Camboriú, Santa Catarina. O campeonato aconteceu no último sábado (25) e foi criado por Fernando Sardinha, fisiculturista que Nerilde é fã.

Leia também:
Donafresca Pescados é a primeira rede de franquia de peixaria do Brasil e única com selo de sustentabilidade

“É um dos maiores campeonatos de fisiculturismo do Brasil”, conta Nerilde, em entrevista ao Olhar Conceito. “Subi duas vezes no palco, na categoria Wellness Master, 35 anos e 40 anos. Na de 35 anos fiquei em segundo lugar, já na categoria de até 40 anos fiquei em primeiro lugar”, complementa.

“Quando eu ganhei o primeiro lugar, eu ganhei também o colo do Sardinha. Ele me pegou no colo e foi incrível. Eu chorei no palco. Sou fã dele. Eu estava prestigiando e participando do evento. Trazer o primeiro lugar é incrível. A sensação de estar no palco é surreal. O fundo do palco é um aquário. (...) Quando subi me senti uma sereia flutuando”, detalha.

Além dos prêmios, o desempenho de Nerilde também garantiu uma placa em homenagem Top 01 Treinador, ao Gil Melo.

Este não é o primeiro campeonato vencido por Nerilde. Em 2020, ficou em primeiro lugar na categoria Wellness Master, no campeonato Classic Contest em Goiânia, Goiás. Em 2018, Nerilde já havia ganhado um título internacional na Arnold Sports, em São Paulo, e em 2019 foi campeã em Mato Grosso.

A atleta treina uma hora por dia, de segunda a sexta, e conta que o segredo é a intensidade e, é claro, a alimentação. “Você tem que deixar muitas coisas para trás. Às vezes você é até antissocial com os amigos, com a família, porque deixa de sair. Você não pode tomar uma cerveja, uma coca, comer uma pizza, um doce... Acaba se regrando de muita coisa. Mas é alimentação, treino, nutricionista, nutrólogo... tem toda uma equipe por trás”.

Para ela, tudo é uma questão de força de vontade: “Muitas pessoas falam que treinam e não conseguem conquistar o corpo, mas o ser humano é capaz de tudo. Eu consegui. Eu era gorda, eu tinha 23% de percentual de gordura. Eu subi no palco com 6% de gordura. Eu acho que quando você quer, você corre atrás e alcança”, finaliza.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet