Olhar Conceito

Sábado, 28 de maio de 2022

Notícias | Literatura

'De arraial a Vila Real

Livro póstumo de Moacyr Freitas conta a história de Cuiabá em livro ilustrado para jovens

Foto: Reprodução

Livro póstumo de Moacyr Freitas conta a história de Cuiabá em livro ilustrado para jovens
“Cuiabá: de arraial a Vila Real”, novo livro póstumo do arquiteto e urbanista Moacyr Freitas, contra a história da capital mato-grossense por meio de páginas ilustradas para jovens. A obra, que foi lançada na noite de terça-feira (14), já está disponível para comprar no site da Entrelinhas Editora.

Leia também:
Novo “Homem Aranha” tem 336 sessões nos cinemas de Cuiabá até domingo e deve superlotar shoppings

Moacyr conta no prefácio do livro que será lançado, que entusiasmou-se com as comemorações do tricentenário de Cuiabá e foi tomado pelo desejo de mostrar aos seus concidadãos como a cidade começou a existir, a partir do que ele tinha lido e aprendido sobre sua história ao longo de toda a sua vida.

“Conto aqui ao leitor curioso, de forma ilustrada, os acontecimentos, onde eles se desenrolaram, quando tudo aconteceu e com quem. Daí as despretensiosas frases sem termos rebuscados da literatura clássica, em busca de uma comunicação fácil, fluida. Os escritos buscam uma abordagem didática, com o suporte da farta ilustração que os acompanha. Os desenhos nos ajudam a imaginar como tudo aconteceu”, revelou o autor.

“Felizmente Moacyr teve tempo de alegrar-se com este livro que tinha acabado de chegar na editora”, conta Maria Teresa Carrión Carracedo, da Entrelinhas. “Lamentamos mais essa grande perda para a cultura mato-grossense. A relação da editora com o autor começou em 2002, quando ele propôs à professora Elizabeth Madureira Siqueira publicar o seus quadros históricos do período colonial na primeira edição do livro que estamos finalizando, “História de Mato Grosso: da ancestralidade aos dias atuais”.

O presidente da Academia de Arquitetura e Urbanismo de Mato Grosso, Eduardo Chiletto, registra a importância da vida e obra do autor: “Com seus traços suaves desenhou a vida cotidiana dos habitantes da cidade e de como Cuiabá evoluiu. É importante ressaltar o valor histórico, cultural e simbólico deste grande ser humano, o arquiteto Moacyr Freitas. Ele foi o segundo arquiteto do Estado de Mato Grosso... Com Moacyr aprendemos que a vida não apenas acontece, ela requer nossa participação.

Morreu aos 91 anos

Em agosto de 2021, Cuiabá perdeu o primeiro arquiteto e urbanista da capital mato-grossense, Moacy Freitas, aos 91 anos. Moacyr estava em tratamento e lutava contra um câncer desde fevereiro deste ano. Ele faleceu em um hospital particular de Cuiabá, onde estava internado.

O arquiteto, que também era professor, historiador, escritor e artista plástico, é autor de de diversas obras que retratam os períodos provincial e colonial de Mato Grosso. Teve ainda participação no projeto de construção da Rodoviária Engenheiro Cássio Veiga de Sá e na elaboração do conceito arquitetônico e urbanístico do Centro Político e Administrativo de Cuiabá (CPA).

Outra importante obra que tem a marca de Moacyr Freitas é a construção do monumento Marco Zero que está em andamento na comunidade São Gonçalo Beira Rio. A estrutura de 17 metros de altura tem forma de três canoas e é inspirada no meio de transporte da época da chegada dos primeiros bandeirantes a Cuiabá.

Em abril deste ano, Moacyr foi um dos participantes do projeto da Prefeitura de Cuiabá, chamado Pílulas Cuiabanas. Na oportunidade, ele narra a história do monumento que também marca a construção da Capital.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet