Olhar Conceito

Quinta-feira, 26 de maio de 2022

Notícias | Arquitetura, décor e design

Criada em 1722

Construída por negros e escravos, Igreja do Rosário surgiu como uma pequena capela e completa 300 anos em 2022

Foto: Reprodução

Construída por negros e escravos, Igreja do Rosário surgiu como uma pequena capela e completa 300 anos em 2022
A Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito é um dos pontos religiosos mais famosos na capital mato-grossense. Construída por negros e escravos libertos, segundo o padre Pedro Canisio, a igreja surgiu como uma pequena capela e em 2022 completa 300 anos de existência.

Leia também:
Festa de São Benedito deve voltar a ser realizada no meio do ano em Cuiabá; igreja já definiu data

“A igreja foi construída por negros e escravos libertos, por volta de 1722, nos confins de um Brasil quase desconhecido, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito nos remete aos primórdios da nossa história como uma sobrevivente entre tantas e tantas construções históricas, das quais muitas já não existem mais. Ao longo destes três séculos a igreja foi mantida de pé e preservada, como uma testemunha silenciosa da nossa história”, define o padre.

Em seu tricentenário, conserva todas as características do estilo barroco e a honra de contabilizar quase a mesma idade de Cuiabá. Ao adentrar na igreja é imediata a imersão a este passado tão presente e conservado, com suas formas originais, altares de talha dourada e fundo de cores, no altar-mor imagens da padroeira, de São Francisco de Paula e São José dividem espaço, e nos altares vizinhos, repousam São Benedito e Nossa Senhora do Carmo, e ainda ao lado oposto de São Benedito tem majestosa a imagem de Nossa Senhora do Rosário.

A igreja do santo mais reverenciado pelos cuiabanos é visível tanto por quem passa pelo cruzamento da Rua Coronel Escolástico quanto pela Tenente Coronel Duarte, tornando ainda mais emblemática com a imagem do Santo negro margeado pelo jardim sempre bem cuidado.

Tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1975, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito é o templo católico mais antigo da capital mato-grossense.

Pandemia

O tricentenário chega em um cenário jamais imaginado: a pandemia do novo coronavírus. Este cenário tem impedido que a Igreja realize as festas da forma tradicional. Segundo o padre, a Festa de São Benedito deve acontecer no final de junho e começo de julho.

“Não esperávamos celebrar uma data tão importante em meio a pandemia que ainda não permite o retorno da normalidade, mas conduzimos essa crise sanitária com fé e orações para que as famílias continuem na busca por nosso Pai Celestial como fonte de vida e cura. Se possível for iremos realizar nossa tradicional Festa de São Benedito de 30 de junho a 03 de julho”, alerta o padre.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet