Olhar Conceito

Domingo, 26 de junho de 2022

Notícias | Política Cultural

CATEGORIA MÍDIAS SOCIAIS

Com humor regional e crítico, 'Xomano que mora logo ali' comemora terceiro prêmio do ano

Foto: Reprodução / Instagram

Com humor regional e crítico, 'Xomano que mora logo ali' comemora terceiro prêmio do ano
Tudo começou com uma brincadeira. A diversão era ‘trolar’ os amigos nas redes sociais, satirizando momentos particulares e postagens em seus perfis. A repercussão foi boa e logo surgiu a ideia de ampliar os alvos significativamente. Nascia então, no Facebook, em 2014 o ‘Xômano que mora logo ali’, um personagem fictício que conquistou os internautas cuiabanos. Oito anos depois, Xomano já tem um público fiel que não para de crescer. No Instagram, o influenciador já soma 132 mil seguidores e mais de 300 mil no face. Agora, ele será gratificado pelo Prêmio Jejé de Oyá, representando a categoria Mídias Sociais.  

Leia mais:
Protagonistas da Baixada Cuiabana são gratificados na premiação Jejé de Oyá nesta sexta-feira

Didier Provenzano conversou com o Olhar Conceito nesta segunda-feira (25) e contou sobre a sensação de estar sendo congratulado como referência nas mídias sociais em uma das maiores premiações de Mato Grosso.  

“Fiquei muito feliz. Um prêmio que leva o nome do grande Jejé de Oyá, um cara que é referência para a gente. Se tivesse internet naquela época, Jejé seria muito mais conhecido. Pra mim é uma honra”. 

Esta será a terceira vez que o influenciador é premiado em 2022. Foi o vencedor do prêmio “Personalidades que Agitam a Resistência Negra” lançado pelo Instituto Mulheres Negras de MT (Imune). Além disso, foi o vencedor do GW 100 na categoria de comunicação.  

Com os títulos, Xomano acredita que está fazendo um trabalho legal e diante do reconhecimento, tem vontade de fazer cada vez mais. “O importante é fazer a galera feliz com piada que não atinjam ninguém. Que as pessoas se divirtam e a gente tá aí pra isso”, finalizou.  

Divididos nas categorias de Gastronomia, Artes Visuais, Comunicação, Ciências, Literatura, Estética, Performances artísticas e físicas, entre outras, dez profissionais que se destacaram em suas áreas de atuação, serão congratulados na premiação Jejé de Oyá - Aos Personagens Negros, que acontecerá nesta sexta-feira (29), no Cine Teatro Cuiabá. Além deles, cinco personalidades negas da baixada cuiabana serão homenageados nesta edição.

Sucesso nas redes 

Sem medo de cancelamentos, Didier Provenzano, afirmou em uma live do Olhar Direto, em 29 de maio de 2021, que já errou muito e, inclusive, fez publicações de tom machista. Para ele, todas as pessoas estão sujeitas a um processo de desconstrução todos os dias. 

“Todos nós estamos sendo desconstruídos a cada dia. Eu fui criado de um jeito. Eu nasci em 1985 e quem nasceu nessa época foi criado de um jeito que está sendo desconstruído todos os dias. Eu já errei bastante, coloquei coisas machistas porque para mim era piada, mas aprendi que não era. Hoje já consigo enxergar o que é certo e errado”, confessou.  

Didier explicou durante a entrevista ao Olhar Direto que seu processo criativo funciona sem horários fixos. Algumas das publicações partem de sugestões de seus seguidores, enquanto às vezes ele acorda no meio da madrugada para elaborar alguma postagem que julga como engraçada. 

“Você tem que estar ligado com o que está acontecendo. Ver o meme que está [bomba na hora. Você tem que estar na crista e ver o que está em cima. Se passar um dia, o meme já pode poder a graça. É na hora. Por exemplo, já acordei de madrugada para fazer algo que surgiu na minha cabeça. ‘Cara, enquanto eu não fizer, não vou conseguir dormir’, penso”. 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet