Olhar Conceito

Sábado, 02 de julho de 2022

Notícias | Política Cultural

PRÊMIO JEJÉ DE OYÁ

Salão especializado em cabelos crespos e cacheados, Crisálida é reconhecido por protagonismo na identidade negra

Foto: Arquivo Pessoal

Salão especializado em cabelos crespos e cacheados, Crisálida é reconhecido por protagonismo na identidade negra
Movida pela força de causar mudança na vida das pessoas negras por meio da beleza natural dos cabelos cacheados e crespos, a cabelereira por paixão, vocação e propósito de transformações Helem Soares, 31 anos, é proprietária do Salão Crisálida, que está sendo gratificado como protagonista da baixada cuiabana pelo prêmio Jejé de Oyá, na categoria Estética de Identidade Negra. “É muito bom ter esse reconhecimento porque através desse prêmio, não é crisálida que está ganhando esse prêmio, são todas as pessoas negras. Representa todas as pessoas pretas da favela, da comunidade”, disse Soares. 

Leia mais: 
Apaixonada pela confeitaria, empreendedora desde os 13 anos comanda ateliê que vende bolos personalizados, docinhos e cupcakes

A história de Crisálida Cachos começa entre 2012 e 2013, quando Helem passou pelo seu processo de transição capilar, devido aos questionamentos que tinha sobre a ideia mau concebida de que os cabelos cacheados e crespos são ruins. “Quem foi a primeira pessoa que disse isso séculos atrás e por que as pessoas acreditam tanto nisso até hoje”, questionou.  

Ao término da transição, esses questionamentos ficaram latentes na mente da cabelereira e se externalizaram após ela ter feito o grande corte – quando você tira toda parte alisada e fica apenas com o cabelo natural. “E aí já começou essa mudança dentro de mim”.  

Em 2014, Helem resolveu entrar para o curso de cabelereiro pelo Senac. Porém, ela percebeu a ausência de conteúdos sobre o cabelo negro, o que lhe causou nova inquietação. “Como assim nosso cabelo não foi estudado, não criaram nada valorizando a beleza natural do nosso cabelo?”.  

Um ano depois, em 2015, ela se formou e começou a trabalhar no La Provance, salão que ficou por dois anos e meio como auxiliar e descobriu seu amor pela profissão. Mas também percebeu que o tradicional vendido ali - aquele que alisa o cabelo cacheado ou escova o cabelo crespo – lhe incomodava.  

“Não queria ver uma cacheada entrar no salão e escovarem o cabelo dela e fazer chapinha, ou escovar e fazer babyliss pra fazer um penteado. Tudo isso me incomodou e foi aí que pedi demissão”.  

Solta no mercado com sede de trabalhar com a história e a visibilidade natural do cabelo cacheado, Helem saiu em busca de um propósito, e  foi atrás de especializações e cursos sobre esse cuidado. 

Então, em agosto de 2018, ela encontrou uma formação que lhe sanasse às inquietações. Em Rondônia, Porto Velho, ela encontrou uma especialista em cabelos cacheados e crespos. Um ano depois, em 2019, Helem retorna para Cuiabá e abre Crisálida, em um “quartinho pequenininho que meu pai construiu”.  

O nome foi escolhido por Helm como forma de demonstrar e expressar todo o processo de transformação pessoal, interna, estética e de identidade que ela passou desde 2012. “Queria que fosse um nome que resumisse tudo que eu pensava a respeito do cabelo cacheado e crespo e da nossa história negra”.  

Então, para quebrar o ciclo preconceituoso que gira em torno da ideia de que os cabelos crespos e cacheados são ruins, ela direcionou e especializou seu trabalho voltado para esse rumo estético. O da beleza natural negra, da força dos fios naturais dos cachos.  



“Que as próximas gerações não mais acreditem nisso. Que eles não vivam o que nós e nossos antepassados viveram. Então comecei a pesquisar algo que trouxesse essa mudança sobre o pensamento da pessoa sobre ela mesmo”, contou.  

Entre estudos de psicologia, história, comportamento e mente, Helem descobriu em suas leituras um texto que usava a crisálida (casulo em que lagartas passam pela metamorfose até se transformatem em borboleta) como exemplo para explicar a mudança de pensamento e comportamento nas pessoas.  

“Essa mudança é igual o que acontece dentro de uma crisálida. E quando eu estava lendo esse texto, eu parei e pensei “caraca, crisálida!!! É isso!!”. 

Se metamorfoseando de salão de uma só cabelereira, no quintal dos pais, para espaço com sete funcionários em endereço bem localizado da capital, hoje Crisálida está caminhando para sua segunda premiação pelo reconhecimento do seu trabalho prestado à Identidade e Estética Negra.  



“Foi algo que aconteceu naturalmente, foi crescendo e realmente pegamos isso como um propósito de transformar as vidas das pessoas e que ecoe nas próximas gerações”.  

O primeiro foi na categoria Pretos Empreendedores, pela Central Única das Favelas em 2020/2021. Agora, em 2022, o salão venceu o Prêmio Jejé de Oyá - Aos Personagens Negros, escolhido pelo júri na categoria Estética da Identidade Negra.  

Honrada, Helem aproveitou o espaço para ressaltar a importância do reconhecimento e visibilidade às pessoas negras promovidas pela premiação, exaltando que o povo preto “é capaz e que nós podemos”.  

“É muito bom ter esse reconhecimento porque através desse prêmio, não é crisálida que está ganhando esse prêmio, são todas as pessoas negras. Representa todas as pessoas pretas da favela, da comunidade. Todos os bairros que sonham, e que as vezes pelo meio em que vivem, não é permitido sonhar. Ou que as vezes sonham mas escondem o sonho porque não acreditam, não tem força. Esse prêmio veio mostrar que sim, nós somos capazes e nós podemos”, acrescentou. 

Crisálida funciona no horário comercial de 8h às 18h e fica localizado na Avenida Dr. Vicente Vuolo, no Bairro Tancredo Neves, em Cuiabá. No salão, é ofertado tratamento para cabelos naturais, ondulados, cacheados e crespos.  

“Então trabalhamos com saúde capilar. Temos os tratamentos capilares, somos especialistas em cortes em cabelos afros, fazemos penteados e agora temos coloristas – que também trabalha de uma forma que valorize a beleza do cabelo natural e sempre cuidando da saúde do cabelo, sem ir além do que o cabelo suporta”, finalizou.  
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet