Olhar Conceito

Quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Notícias / Artes Cênicas

Comadre Pitú e Creonice contam detalhes sórdidos de suas vidas, hoje, no Fundo de Quintal

Da Redação - Lidiane Barros

23 Set 2013 - 14:26

Foto: Reprodução

Totó Bodega está sempre no

Totó Bodega está sempre no "fogo cruzado" entre Pitú e Creonice

A vida social cuiabana começa logo no primeiro dia útil. Comadres Creonice, Pitú e Totó Bodega vão fazer Coxixo Cuiabano, nesta segunda-feira num lugar bem adequado, o Fundo de Quintal.

Causos dos quintais cuiabanos foram parar no palco do "Coxixo Cuiabano"

O projeto, que ganha caráter itinerante segue nesta e na próxima segunda-feira (30), vai ter como palco um dos espaços reconhecidamente mais tradicionais da cidade, em plena Estevão de Mendonça, em um quintal guardado por gansos, onde se chama o garçom com chocalho. “As comadres estão se sentindo em casa”, garante Ivan Belém, que interpreta Creonice.

Irreverência pouca? Pois bem, Creonice e Pitú, que vivem em rota de colisão, já adiantaram nesta entrevista alguns detalhes sórdidos uma da vida da outra. “Durante o show, elas falam de tudo um pouco. São amigas, pero no mucho e vivem trocando farpa. Quer uma grande revelação? O passado de Pitú é cruel, foi dançarina no bordel Ronnie Von, lá pros lados do Dom Aquino, na década de 70”, revela Creonice.

Pitú não deixou por menos. “Quando eu conheci ela, já era mocinha de peito mole, pergunte a ela sobre a forquilha da goiabeira. Maneulão faz o corpo dela de banquete e ela não casou, nem usa aliança. Só posa de high society”, desconta Pitú, personagem de Vital Siqueira.

Quem quiser rir mais não pode faltar ao evento que tem se configurado como uma busca incessante do trio de humoristas em ampliar sua plateia. “Em vários outros estados os humoristas têm palco para se apresentarem regularmente, é isto que estamos buscando”. O poder público começa a se atinar para o potencial dos artistas locais. “A Secretaria de Estado de Cultura nos ajudou nesta temporada no Fundo de Quintal, o que fez com que pudéssemos cobrar ingressos mais em conta”, diz Belém.

Esta busca por abrir frentes, vital Siqueira persiste há pelo menos uns dez anos. Com propriedade, ele fala que ainda falara muito a ser conquistado. “A exemplo, Mato Grosso tem a infelicidade das emissoras de TV estarem ‘pouco aí’ para a cultura mato-grossense. Porque cobrem um ou outro evento, acham que já fizeram muito”, desabafa o ator.

Serviço
Coxixo Cuiabano
Fundo de Quintal
Rua Estevão de Mendonça, 1139, bairro Quilombo
Ingressos a R$ 10
Informações: 9974-7742

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet