Olhar Conceito

Quinta-feira, 20 de junho de 2024

Notícias | Artesanato

São Gonçalo Beira Rio

Ceramistas ministram oficina com imersão nos costumes ribeirinhos através do barro

Foto: Reprodução

Ceramistas ministram oficina com imersão nos costumes ribeirinhos através do barro
Conhecida como berço da cultura cuiabana, a comunidade São Gonçalo Beira Rio, abre às portas para uma oficina com imersão na arte ancestral da cerâmica, tradicional na região entre 15 e 17 de maio. As irmãs Cleide e Júlia Rodrigues, reconhecidas pela maestria na produção de peças únicas, conduzirão uma aula intensiva, revelando técnicas tradicionais e promovendo a expressão artística através do barro.


Leia também 
Com ajuda dos pais, biólogo usa bioconstrução para casas que são até 10ºC mais frescas: ‘projeto de vida da família’

As oficinas serão realizdas das 8h às 11h, no Espaço da Cleire, localizado atrás da Primus Peixaria. Os participantes vão ter acesso a seis horas de conteúdo, que inclui manuseio da argila, técnica de modelagem e queima. 

Com vagas limitadas, as inscrições podem ser feitas pelo formulário online ou pelo telefone (65) 99676-1355. O valor da imersão é R$ 550. 

O bairro, que se destaca pela preservação dos costumes ribeirinhos, é um símbolo vivo da identidade cultural mato-grossense. Neste cenário, a arte da cerâmica floresce há gerações, transmitida de pais para filhos.

Com as irmãs não foi diferente, filhas dessa tradição, compartilham não apenas habilidades técnicas, mas também o amor e respeito pela cultura que as moldou.

Cleide Rodrigues, aclamada como uma das principais ceramistas da comunidade de São Gonçalo Beira Rio, é conhecida por sua perícia no uso de moldes e forno elétrico, tendo suas icônicas galinhas de angola de tauá exibidas em lojas de renome como Tok Stok e comercializadas pelo Grupo Pão de Açúcar.

Júlia Rodrigues, por sua vez, traz consigo uma vasta experiência em ministrar cursos e oficinas, tendo percorrido diversas cidades de Mato Grosso e representado o estado em eventos de destaque, como o Brazil International Tourism Exchange 2011.

Sua especialidade inclui cursos de cerâmica arqueológica, foco em peças de origem afro e indígena, além da promoção do autoconhecimento e valorização artística através do artesanato.

Com vasta experiência em moldar o barro e uma abordagem didática envolvente, as instrutoras garantem um aprendizado completo e significativo.

A imersão surge como uma oportunidade de recomeço para Júlia Rodrigues, que teve a casa destruída por um incêndio em fevereiro deste ano. 
 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet