Olhar Conceito

Segunda-feira, 27 de setembro de 2021

Notícias / Saúde e Beleza

Alimentação e saúde

Temperos naturais perfumam, dão sabor aos alimentos e ainda possuem diversos benefícios à saúde; confira lista

Especial para o Olhar Conceito - Thalita Araújo

21 Out 2013 - 14:30

Foto: Reprodução/Ilustração

Temperos naturais perfumam, dão sabor aos alimentos e ainda possuem diversos benefícios à saúde; confira lista
Temperar alimentos vai além de dar ainda mais sabor às refeições. Os temperos dão perfume, dão cor e, naturais, ainda possuem diversas propriedades e benefícios à saúde.

A nutricionista Juliana Esteves, que compartilha informações e pesquisas através do blog Nutri Ju, afirma que as especiarias – temperos e condimentos naturais – não devem ser dispensados em casa.

Leia também:
Maus hábitos alimentares dos cuiabanos podem resultar em obesidade e doenças, alerta médico
Termogênicos auxiliam na queima de gordura mas devem ser usados com moderação

Ela ressalta alguns desses temperos e lista suas propriedades. “O ideal é sempre usarmos e abusarmos desses temperinhos naturais para dar e realçar o sabor dos alimentos”, aconselha.

Confira abaixo a lista de temperos e seus benefícios:


Alecrim: auxilia na redução de gases, possui ação digestiva. Pode ser utilizada por meio de chás antes das refeições, com o objetivo de melhorar o processo de digestão ou em preparações que contenham carne, e também em substituição ao sal.

Orégano: possui propriedades antimicrobianas, antifúngicas e antioxidantes. O orégano apresenta excelente ação bactericida. Pode ser consumido juntamente ao azeite de oliva ou em preparações com carne.

Açafrão ou Cúrcuma: é um poderoso antioxidante, anti-inflamatório e anticarcinogênico. Pode ser utilizado como corante no arroz e também no famoso frango ao molho de açafrão.

Pimenta: são compostas por capsaicina, um fitoquímico que possui propriedades antioxidantes, anticarcinogênicas e antimutagênicas. Pode ser consumida na forma de molhos ou até mesmo em geleias. É uma grande fonte de antioxidantes, especialmente betacaroteno e vitamina C. A capsaicina, substância que proporciona à pimenta vermelha sua característica “picante”, apresenta várias propriedades interessantes, como o efeito antioxidante, anticoagulante e hipocolesterolêmico. Existem estudos demonstrando um efeito de redução no apetite quando se ingere pimentas vermelhas, ricas em capsaicina, podendo ser útil, portanto, para aqueles engajados em dietas de restrição calórica. E ainda, existem fortes argumentos da ação benéfica da capsaicina na otimização do metabolismo, auxiliando na redução da gordura corporal.

Canela: apresenta compostos com propriedades de potencializar a ação da insulina e no alívio dos sinais e sintomas de diabetes e resistência à insulina. Poder ser consumida com frutas, iogurtes e também na forma de chá. Auxilia no controle dos níveis de colesterol, triglicérides, além dos efeitos antioxidantes, anti-inflamatórios e o melhor de todos: ação termogênica! Outros temperos que também possuem efeito benéfico no controle de glicemia são: louro, cravo, noz moscada e orégano.

Alho: atua no fortalecimento imunológico e possui ação anti-inflamatória e anticancerígenos, auxilia na redução nos níveis de colesterol, fortalece o sistema imunológico, possui ação anti-inflamatória e ajuda no controle dos triglicérides e pressão arterial.

Cebola: concentrada em agentes antioxidantes, também possui ação anti-inflamatória e reguladora da pressão arterial. Portanto, em conjunto com o alho, torna-se uma excelente combinação para temperar carnes e cereais, como o arroz integral.

Gengibre: além de possuir propriedades antioxidantes e anti-bacterianas, também pode acelerar o metabolismo, auxiliando a redução de peso .

Coentro: possui propriedades antioxidantes, anti-bacterianas, hipocolesterolêmicas e anti-inflamatórias, além de auxiliar no controle da glicemia. Existem estudos apresentando o coentro também com propriedades benéficas no controle da ansiedade e apetite.

Louro: um de seus maiores benefícios é sua propriedade digestiva e redutora da formação de gases. O louro também tem propriedades antirreumáticas e anti-inflamatórias. Além disso, as folhas de louro têm efeitos diuréticos e adstringentes.

Curry: tem origem indiana, sendo uma especiaria composta por variados ingredientes, dentre os quais: gengibre, pimenta dedo-de-moça, pimenta vermelha, canela em rama, cominho, pimenta-do-reino, cardamomo, cravo, erva-doce, cúrcuma e coentro. É uma ótima opção para a preparação de carnes, em especial o peito de frango, deixando-o além de mais saboroso, com um aspecto mais agradável e sugestivo.

Cominho: As sementes estimulam a secreção de enzimas pancreáticas, substâncias necessárias para uma boa digestão e assimilação dos nutrientes, e também ajudam a expulsar os gases intestinais.

Manjericão: planta rica em ferro, cálcio, potássio, magnésio . A presença de magnésio ajuda a melhorar a saúde do sistema cardiovascular, melhorando o fluxo sanguíneo e reduzindo o risco de arritmias cardíacas. O manjericão também favorece quem tem digestão difícil, gases, azia, dores de cabeça em consequência de alimentação pesada ou inadequada. E, além de facilitar o funcionamento dos intestinos, é diurético.

Páprica: possui altos níveis de vitamina C que ajuda a absorver alimentos ricos em ferro e pode combater infecções comuns além de auxiliar no tratamento de artrite e dores articulares.

Sálvia: possui ação antioxidante, antisséptica e anti-inflamatória, além de suas propriedades digestivas e diuréticas, que ajudam a controlar o nível de açúcar no sangue e combatem a artrite, a asma e a aterosclerose.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet