Olhar Conceito

Terça-feira, 07 de dezembro de 2021

Notícias / Saúde e Beleza

saúde

Incidência de catapora aumenta na primavera. Doença pode levar a morte

Da Redação - Stéfanie Medeiros

01 Nov 2013 - 16:04

Foto: Ricardo

Incidência de catapora aumenta na primavera. Doença pode levar a morte
Febre alta e manchas avermelhadas pelo corpo são os primeiros sintomas da doença. Logo, formam-se pequenas bolhas que se rompem e viram lesões. Nessa fase, a doença é altamente contagiosa. A varicela, também conhecida como catapora, que muitos consideram uma doença normal da infância, pode, se não devidamente tratada, levar a morte.

De acordo com o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, cerca de nove mil pessoas são internadas por ano em decorrência da catapora, além dos mais de 100 óbitos registrados. A primavera, que começou no último dia 23 e vai até 21 de dezembro, é a estação das flores e das cores, mas a incidência desta doença aumenta neste período do ano.

De acordo com o infectologista Alberto Chebabo, na maioria dos casos o tratamento é feito apenas com medicações para a coceira e a febre. Mas, em situações especiais, o médico pode indicar tratamento específico com antivirais. “Atenção para dois detalhes: é proibido administrar antiinflamatórios ou aspirinas, e as feridas devem estar sempre limpas, pois a falta de higienização favorece a infecção”, diz.

O médico ressalta que, ao contrário do que muita gente pensa, a catapora pode sim levar à morte. “O vírus pode se espalhar para outras partes do corpo e evoluir para uma pneumonia ou encefalite (inflamação aguda do cérebro), gerando complicações que podem levar à morte. O risco existe, principalmente em adultos”, enfatiza.

A melhor forma de prevenir a doença, segundo Chebabo, é por meio da vacinação. A dose deve ser dada aos 12 meses, com reforço entre 4 e 6 anos. Apesar de ser raro crianças pegarem a doença quando vacinadas, caso aconteça, será de uma maneira mais branda.

O recado também vale para pais e guaridões que não tiveram a doença ou não estão imunizados: o melhor é se prevenir por meio da vacina. A restrição é apenas para as grávidas.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet