Olhar Conceito

Sábado, 26 de setembro de 2020

Notícias / Artes Cênicas

A peça "A Mulher que Comeu o Mundo" invade Mato Grosso com série de apresentações e workshop

Da Redação - Marianna Marimon

20 Jan 2014 - 11:17

Foto: Reprodução

A peça
Uma cidade pequena. Um célebre e rico ladrão, pai de uma moça gorda, morre. Filha única, isolada do mundo, sem o pai não sabia o que fazer. Com tamanha dor no coração, a moça esfarela o pai e o come, para tê-lo sempre consigo. Este é o enredo da peça “A Mulher que Comeu o Mundo” do grupo Usina do Trabalho do Ator de Porto Alegre, que percorre o Mato Grosso durante esta semana com apresentações e oficinas.

Leia também: Exposição Pensar Clóvis Irigaray perpassa 44 anos de trajetória do artista; um homem à frente do tempo

Com apoio do Ministério da Cultura e da Petrobras, a Usina do Trabalho do Ator aporta no Estado com o enredo de “A Mulher que Comeu o Mundo”. Após a morte do pai e sem saber o que fazer com a fortuna, já que não conhece o valor do dinheiro, a gorda está disposta a trocar tudo por comida para tentar saciar seu apetite insaciável.

E este é justamente o mote do espetáculo que brinca com a metáfora da gorda relacionada à ganância e a busca desenfreada pelo poder. Além de revelar também a ridícula condição humana de querer a permanência, a posse, e por isso, luta, domina e mata. Um espetáculo para crianças e adultos, com censura livre.



A Usina do Trabalho do Ator é conhecida pelas improvisações e oferece uma interação direta com o público, pois propõe uma brincadeira encenada com narrativa simples, mas que possibilita a participação do público para preencher lacunas que não são explicitamente contadas. Ao fim das apresentações, é realizado um debate sobre a peça.

E para dividir um pouco de tudo aquilo que a Usina do Trabalho do Ator dispõe, será realizado o Workshop: A improvisação como procedimento de criação: do treinamento à cena, de 23 a 25 de janeiro, das 9h às 12h, no SESC Arsenal. Todas as apresentações e o workshop são gratuitos. Confira a programação completa da peça:

Apresentações em Mato Grosso

- POCONÉ – 22/01 – 18hs
Praça da Matriz

- CUIABÁ – 23/01 – 21hs
SESC Arsenal

- CUIABÁ – 25/01 – 17h30
Praça Cultural do Pedra 90

- CHAPADA DOS GUIMARÃES – 26/01 – 16h30
Praça Dom Wnibaldo

- RONDONÓPOLIS – 28/01 – 17hs
Praça Brasil

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet