Olhar Conceito

Segunda-feira, 12 de abril de 2021

Notícias / Artesanato

Artesanato

Artistas de Mato Grosso levam artesanato regional para Nova York por meio de programa da ONU

Da Redação - Bruna Gomes

09 Mai 2013 - 16:39

Foto: Reprodução

Artistas de Mato Grosso levam artesanato regional para Nova York por meio de programa da ONU
Neulione e Lucileicka são duas antigas artesãs mato-grossenses selecionadas pela Organização das Nações Unidas (ONU) para um importante evento cultural. Selecionadas para a esposição “Mulher Artesã Brasileira”, elas fazem parte de um grupo de 14 artistas que irão levar um pouco do artesanato brasileiro para os norteamericanos.

Comida boa, preços acessíveis e regionalismo vão estar no menu do Brasil Sabor 2013

O programa desenvolvido pela ONU tem como objetivo divulgar a cultura e a economia brasileira por meio do artesanato, que exerce no país um papel de transformação da realidade social. Além de apresentar o momento atual do artesanato no país, a exposição propicia às artistas aprimoramento profissional por meio de exposição de fotografia e de objetos, participação em uma palestra, divulgação na mídia, dentre outras.

Neulione Alveaz Gomes trabalha há quase 20 anos em Barra do Bugres, fabricando peças de artesanato indígena; colares de sementes, brincos e anéis de madeira e osso. “Sinto-me privilegiada, por ter sido escolhida em meio à tantas artesãs, e claro por mostrar nossa cultura para o mundo”, afirma Neulione, empolgada com a conquista.

Já Lucileicka da Silva David é famosa por suas produções utilitárias, como cumbucas e canecas de argila. Artesã em Barra do Garças há 15 anos, ela festeja a visibilidade que o artesanato regional terá após o evento, “Teremos um reconhecimento mundial e com toda certeza isso irá valorizar ainda mais nosso trabalho”.

A exposição é uma realização da Associação Brasileira de Exposição de Artesanato (Abexa), com patrocínio do Sebrae e apoio do Instituto Centro Cape, da Ecoarts, da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex – Brasil) e do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet