Olhar Conceito

Domingo, 28 de novembro de 2021

Notícias / Saúde e Beleza

Bem estar

Em pequeno laticínio, produtora ressalta benefícios que produtos naturais trazem à saúde

Especial para o Olhar Conceito - Thalita Araújo

25 Mai 2014 - 08:45

Quantos alimentos não industrializados nós consumimos diariamente? É nesse sentido que o pequeno laticínio Rancho Sentinela dos Pampas trabalha. Localizado em Santo Antônio da Fartura, distrito de Campo Verde, a produção preza por produtos naturais, pelos benefícios que trazem à saúde.

Iara Montagner e Antônio Luiz Montagner são os donos e funcionários do laticínio. O espaço é pequeno, assim como a produção. Nada de conservantes, nada de aditivos químicos. Tudo sempre fresco e comercializado diretamente com o consumidor, na feira municipal de Campo Verde, aos sábados pela manhã, ou por encomendas.

Leia também:
Dermatologista dá sete dicas para evitar acne e cuidar da pele; Confira
Qualidade e rapidez: Salão aposta no conforto e oferece bebidas e comida para clientes

“O iogurte natural de verdade é rico em cálcio e zinco, por exemplo. Ajuda a regular o intestino e a renovar as células da pele e cabelo. Mas o consumidor precisa ficar atento, pois ao passar por alguns processos químicos, o produto pode perder essas qualidades”, ressalta Iara.

Ela também chama a atenção para o leite. “Para um produto tão frágil sobreviver meses e meses em prateleiras de supermercado, sem refrigeração, o que será que colocam nele?”, questiona.

Ela afirma que tem muitos clientes que compram o leite puro, in natura, apenas ensacado, que além de muito mais saudável, com as propriedades intactas, também é mais saboroso. Mas, segundo ela, alguns deixam de comprar e comentam do “inconveniente”, que é precisar ferver e guardar.

A manteiga, apesar de mais gordurosa que a margarina, é a melhor opção, diz Iara, por ter menos produtos químicos em sua composição. A produzida ali, não possui corantes, conservantes nem nada do gênero, é feita apenas com a pura nata retirada do leite que, desnatado, irá produzir queijo frescal e iogurte.

“Não é muita gente que tem consciência hoje do produto natural e artesanal, do bem que faz à saúde. Mas, as pessoas estão cada dia mais se conscientizando disso e quem se alimenta de maneira mais natural, com certeza sente a diferença, o corpo agradece”, recomenda Iara.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet