Olhar Conceito

Terça-feira, 07 de dezembro de 2021

Notícias / Saúde e Beleza

Saúde

Câncer pode estar associado com situação socioeconômica, diz pesquisa

Da Redação - Isabela Mercuri

11 Ago 2014 - 09:20

Câncer pode estar associado com situação socioeconômica, diz pesquisa
Todos já ouviram dizer que o câncer não escolhe classe social. No entanto, isto não é o que mostra um novo estudo publicado no periódico “Câncer”, da Sociedade Americana de Câncer (American Cancer Society).

Segundo um artigo publicado por quatro PhDs e dois mestres, certos tipos de câncer são mais comuns entre pessoas que vivem em áreas mais pobres, em comparação com aqueles que vivem em áreas com menos pobreza, e vice-versa.

Leia mais: Em pequeno laticínio, produtora ressalta benefícios que produtos naturais trazem à saúde

O estudo é baseado em aproximadamente três milhões de tumores que foram diagnosticados em pessoas que vivem em 16 estados diferentes, mais a cidade de Los Angeles, de 2005 a 2009.

Os pesquisadores analisaram o nível de pobreza da área de cada paciente, e colocaram os tumores em quatro grupos baseados nesses níveis.

Quando analisados de forma mais ampla, não havia associação entre os tipos de câncer e o nível de pobreza. No entanto, quando olhados especificamente, 32 de 39 tipos estavam fortemente associados à pobreza, positiva ou negativamente.

O risco de câncer de laringe, cervical, peniano e no fígado, assim como o de sarcoma de Kaposi, era maior nas áreas com mais pobreza. Enquanto o risco de câncer no testículo, tireóide, de pele e o de melanoma, era maior em áreas com menos pobreza.

Além disso, a situação socioeconômica parece estar ligada com a incidência de câncer, assim como com a probabilidade de morte pela doença.

Segundo um dos pesquisadores, Francis Boscoe, Ph.D do Registro de Câncer do Estado de Nova York, “Os tipos de cânceres associados com a pobreza tem menos incidência e maior mortalidade, e aqueles associados com a riqueza tem maior incidência e menor mortalidade”.

O artigo científico pode ser lido AQUI.

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet