Olhar Conceito

Terça-feira, 30 de novembro de 2021

Notícias / Saúde e Beleza

relaxe

Stress: Entenda porque ele afeta mais as mulheres e quais são os sintomas e consequências

Da Redação - Isabela Mercuri

04 Ago 2014 - 10:35

Foto: Reprodução

Stress: Entenda porque ele afeta mais as mulheres e quais são os sintomas e consequências
O mundo é cruel. E o mundo é muito cruel com as mulheres. Talvez para fazê-las provar que não são o “sexo frágil”, talvez para desafiá-las a mostrar o quanto são auto-suficientes, depois que elas ganham os direitos que há tantos anos os homens já tinham, o número de deveres também aumentou, e saltou para uma escala desleal em relação aos homens.

As mulheres, que agora podem e devem trabalhar, ainda convivem com a “obrigação” de cuidar da casa, dos filhos, do marido, de sua beleza, de seu corpo e de sua família. Tudo isso, é claro, resultado de uma mentalidade machista que as obriga a fazer tudo para satisfazer os outros.

Leia mais: Encontro de médicos discute caminhos do tratamento de esquizofrenia

Como resultado, o stress tem se tornado muito mais comum entre elas, desde muito cedo. De acordo com a psicóloga Aretusa dos Passos Baechtold, as consequências podem ser traumáticas tanto para o corpo quanto para a mente. 

Conheça os sintomas:

Psicológicos


Sentir-se irritada ou zangada; pressionada ou ansiosa; sentir vontade de se esconder e fugir de todos; sentir-se triste ou deprimida; dificuldade de concentração; dificuldades para falar; tornar-se predisposta a acidentes; perder o interesse por sexo; adotar comportamentos de má adaptação, tais como fumar, aumento do consumo de álcool ou tóxicos, comer demais ou perder do apetite.

Físicos


Sensação de tontura ou fraqueza; dores de cabeça incluindo enxaqueca; ranger de dentes; transpiração excessiva; necessidade urgente de urinar; dor ou tensão no pescoço; palpitações cardíacas; dores de estômago; diarréias; prisão de ventre; náuseas; problemas dermatológicos; tiques; tremores das mãos; irregularidades menstruais; roer as unhas e morder os lábios.

Conseqüências

No trabalho: sob um longo período de stress, aparecem problemas pessoais e interpessoais como menos eficiência, atrasos e faltas mais freqüentes, conflitos ou irritabilidade com colegas, crescente dificuldade de raciocínio e sensação de incapacidade.

Em casa:
o stress pode ser expresso no conflito com os filhos e parceiro.

O stress prolongado pode levar a mulher a desenvolver ou agravar doenças como hipertensão, úlceras e distúrbios adicionais intermediados pelo stress, como a infertilidade, a tensão pré-menstrual e a ansiedade.

Outros distúrbios associados ao stress incluem anorexia, bulimia, ansiedade e depressão.

Prevenção

Pesquisas que quando as mulheres são submetidas a programas de treino de controle do stress, adaptado para atender as suas dificuldades, ocorrem mudanças significativas que favorecem uma melhor qualidade de vida para si mesmas.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet