Olhar Conceito

Terça-feira, 07 de dezembro de 2021

Notícias / Saúde e Beleza

corra para as colinas

Viver em altas altitudes emagrece, faz bem à saúde e dá mais tempo de vida

Da Redação - Isabela Mercuri

17 Ago 2014 - 17:00

Foto: Reprodução/Ilustração

Viver em altas altitudes emagrece, faz bem à saúde e dá mais tempo de vida
Uma temporada nas montanhas pode fazer muito bem para a saúde. No Brasil é difícil encontrar picos de grandes altitudes, mas mesmo o passeio em locais não tão altos pode ser incrível. Um desses lugares está disponível a poucos quilômetros da capital mato-grossense: Conheça os benefícios de visitar lugares como a Chapada dos Guimarães, a apenas 64 km de Cuiabá:

Leia mais: Chapada dos Guimarães é destaque em blog do Ministério do Turismo

1) Altitude emagrece

Antes de Edmund Hillary subir o monte Everest (pico mais alto do mundo), os escaladores de montanha passavam muito tempo tentando descobrir como consumir e manter calorias suficientes para seus caminhos até o topo. “Nós sabemos desde 1920 que se você vai a altitudes maiores, você vai perder peso”, disse Robert Roach, diretor do Centro de Pesquisa em Altitude, ao jornal americano “The Chicago Tribune”.

Nos últimos tempos outras pesquisas confiramaram a ligação entre altitude e perda de peso. Em 2013, um estudo mostrou que quem mora no nível do mar tem risco de obesidade quatro ou cinco vezes maior do que pessoas que vivem nas grandes altitudes do Colorado. Outro estudo mostrou que mesmo quem visita as montanhas por apenas uma semana pode perder peso. Locais dos Estados Unidos que tem montanha, como Colorado, Utah e Vermont, têm os menores índices de obesidade do país.

2) Ir às montanhas diminui o risco de doença do coração

De acordo com uma pesquisa publicada no Jornal de Epidemologia e Saúde Comunitária (EUA), “Menor quantidade de oxigênio faz alguns genes funcionarem, e provavelmente esses genes podem mudar a forma como os músculos do coração funcionam. Eles também podem produzir novos vasos sanguíneos que criarão novos caminhos para o sangue circular e chegar ao coração”, disse o pesquisador Benjamim Honigman, diretor da Clínica Médica de Altitude, em uma declaração.

3) As montanhas inspiram atividade física

Existe uma grande lista de esportes que não seriam possíveis sem as montanhas. E esses esportes, claro, fazem bem para o corpo. Uma hora de trilha queima cerca de 500 calorias e uma hora de ciclismo nas montanhas, cerca de 600, por exemplo.

4) As montanhas diminuem o estresse e melhoram o sono

O ar fresco desses lugares significa menos poluição, menos casos de deficiência respiratória e respiração melhor para pessoas que tem asma, ou seja, é uma das maiores vantagens do local. Um estudo mostrou que andar nesses picos diminui a depressão, o estresse e a hostilidade.

5) Estudos mostram que estar nas montanhas aumenta a expectativa de vida

Existem muitos exemplos que comprovam essa teoria, como o homem de 132 anos chamado Hafeezullah, e seus companheiros centenários, que vivem em uma parte remota do Himalaia. Além disso, dados mostram a associação da longevidade com a vida nas montanhas: Dentre os municípios dos Estados Unidos com maior longevidade, sete estavam em altas altitudes no Colorado, de acordo com o jornal americano The Chicago Tribune.

Então, já sabe! Corra para as colinas!

(Com informações do The Huffington Post)


Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet