Olhar Conceito

Sexta-feira, 15 de outubro de 2021

Notícias / Política Cultural

economia aquecida

Festival de Blues em Chapada foi evento mais importante no município depois do Carnaval

De Chapada dos Guimarães - Lucas Bólico

26 Mai 2013 - 15:10

Foto: Lucas Bólico - OD

Festival de Blues em Chapada foi evento mais importante no município depois do Carnaval
O sucesso do carnaval de Chapada dos Guimarães é incontestável. O evento, consolidado há anos, está na rota dos foliões de todas as cidades de Mato Grosso. Neste ano, um evento ficou logo abaixo das festas de Momo em importância para a cidade: o festival de blues que aconteceu neste final de semana na cidade.

A arte do improviso no Sunset Blues em Chapada dos Guimarães
Cortina de neblina abre desfile que revela a moda de Chapada na abertura do evento

Palavras do próprio prefeito da cidade, José Neves (PSDB), em entrevista concedida ao Olhar Direto. Para o líder do Executivo, o projeto debutante começou com o pé direito e oxigenou a economia e a vida cultural da cidade.

O festival de blues é iniciativa da Associação Comercial da cidade e conta com apoio e patrocínio do grupo Olhar Direto. "Essa parceria com a iniciativa privada é ótima para o município", opina o prefeito.

De acordo com o tucano, o Executivo tem lançado mão de inúmeras atitudes para aumentar o fluxo de turistas na cidade. A cidade apresenta dificuldades de todo o tipo. Quando recebe um grande número de visitantes, costuma faltar água. Existem casos também em que o dinheiro das agências bancárias se esgotou.

"Quanto a isso, já marcamos uma reunião com o Banco do Brasil", revelou o prefeito. Além disso, dentro de pouco tempo Chapada deverá contar com uma agência da Caixa Econômica.

Já o problema da água deve demorar um pouco mais, mas a solução, segundo o prefeito não só vai resolver o problema como garantirá o abastecimento na cidade para as próximas décadas.

"A água está sendo licitada e em 30 ou 60 dias as obras já devem começar", promete. "Em dois anos estaremos com o problema resolvido para os próximos 20 ou 30 anos".

Outra barreira que atravanca o turismo em Chapada é o fechameto da Salgadeira. "Não temos nem como mensurar o tamanho do impacto negativo que isso deixa no município. Já nos reunimos três vezes com a ex-secretária de Turismo, Teté Bezerra (PMDB) e o projeto já está pronto", adianta.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet