Olhar Conceito

Quinta-feira, 20 de janeiro de 2022

Notícias | Artes Cênicas

Ora Mortem

Neste final de semana: Espetáculo explora a fronteira entre a vida e a morte

Foto: Reprodução/ Da Assessoria

Neste final de semana: Espetáculo explora a fronteira entre a vida e a morte
Para aqueles que querem uma programação cultural neste final de semana, o espetáculo “Ora Mortem” fica em cartaz entre os dias 6 e 8 de fevereiro, com apresentações às 20h, no Teatro do Sesc Arsenal.

Leia mais: 
Prefeitura de Cuiabá divulga programação das festas e desfiles de carnaval de rua
 
De acordo com a assessoria, o mote é a proximidade da morte como um sintoma de vida. Enquanto a Velha espera pelo encontro com um antigo amor, o Menino, ora imaginário, ora presente, ela expõe passagens de sua vida. É aí que os atores Daniela Leite e Felipe Vicentim revelam a consciência do corpo, aplicações e potências que a personagem da velha, mal esperava que pudesse alcançar.
 
De acordo com atriz Daniela Leite, responsável pela concepção do espetáculo, a paixão tem uma relação intrínseca com a morte e é isso que será explorado. “Ela se desenvolve no horizonte da morte, mas de uma morte que é querida e desejada como verdadeira vida, como a única coisa que vale a pena viver, e às vezes como condição de possibilidade de todo renascimento. Eles experimentam a vitalidade na vizinhança com a dor, a morte e o desejo”, explica.
 
Para ilustrar os sentimentos inflamáveis explorados pela peça,  o teatro, a dança e a música se entrelaçam. A trilha sonora, ficou a cargo dos músicos Estela Ceregatti, Jhon Stuart, Luiz Gustavo Lima e Luiz Segadas, este último, também dedicado às artes visuais. A iluminação de Karina Figueiredo também tem um desenho especial que desperta emoções na plateia. “Para promover estas interações artísticas foi necessário um arranjo dramatúrgico que explorasse os limites e os pontos de encontro entre as linguagens artísticas”, diz Daniela Leite.
 
Os músicos em cena experimentam a execução de uma trilha sonora que permite o improviso em momentos-chave da dramaturgia, ou seja, o espetáculo nunca é o mesmo. “Os procedimentos criativos que ajudaram a compor essa trama foram acessados em vias de mão dupla, em fluxo constante e justaposição de camadas, nas quais as partes envolvidas, ou seja, o espaço, a luz, a música e a atuação se retroalimentam e se influenciam constantemente”.

A atriz e diretora de teatro relembra também o processo de criação. Segundo ela, toda a ideia foi desenvolvida no ateliê do artista plástico Luis Segadas, em Cuiabá. Mas o espetáculo nasceu a partir da residência artística oferecida pela artista da dança Janaína Lobo, durante o projeto “Leitura de Movimento”, do Sesc Arsenal.  

Serviço

Temporada Sesc de Teatro: OraMortem
Entre os dias 6 e 8 de fevereiro, às 20h, no Teatro do Sesc Arsenal
Ingressos: R$ 5,00 (Comerciários), R$ 7,50 (Meia) e R$ 15,00 (Inteira)
Não recomendado para menores de 14 anos
 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet