Olhar Conceito

Sábado, 26 de setembro de 2020

Notícias / Artes Cênicas

Poesias de Eliete Borges viram instalação em dança contemporânea

Da redação - Bruna Gomes

31 Mai 2013 - 16:00

Foto: Rai Reis

Vinicius dos Santos e Mariana Prates

Vinicius dos Santos e Mariana Prates

O livro “Scarlet e o Branco”, da escritora mato-grossense Eliete Borges Lopes vira instalação em dança contemporânea pelas mãos e mente da bailarina e coreógrafa Mariana Prates. Em sua poesia, Eliete traz à tona dores existenciais, sensações e silêncios, que parecem ter agradados os leitores já que a primeira edição já esgotou. O espetáculo homônimo ao livro ocorre hoje no Salão Social de Sesc Arsenal às 20h.

Cortejo cênico com Flor Ribeirinha e a companhia circense Leite de Pedra abrem o Palco Giratório

“Scarlet e o Branco” é o primeiro trabalho do Núcleo de Arte Contemporânea do Instituto Cultural Flauta Mágica. Em companhia do bailarino Vinicius dos Santos, da atriz Daniela Leite e do diretor artístico Gilberto Mendes o espetáculo busca criar o novo a partir da junção de duas linguagens, neste caso a literatura e a dança.

André de D'Lucca quebra tabu e faz nú frontal no palco em “Aluga-se: Negro 1,75M, 80kg, Malhado”

Para Mariana e Eliete, a instalação “Scarlet e o Branco” dá vida as palavras, transforma a literatura em expressões corporais e materialidades, retira as palavras de seu lugar e as força a se transformar em um rosto, um corpo, uma expressão, um máquina. Além, de ideias extraídas do livro Mariana Prates baseia-se nas vivências e diálogos entre coreógrafa e autora sobre o pensar e fazer artístico.

"Muitos são os trabalhos nos quais nos inspiramos pra criar Scarlet e claro que tem muito de autoral, de criação da coreógrafa, Mariana Prates, do Vinicius, bem como as intersecções da Daniela Leite", pontua a escritora, Eliete Borges Lopes.

O repertório de movimentos tem como base técnicas de dança contemporânea de Rudolf Laban, Lester Horton, Denise Namura, Regina Miranda e Klauss Vianna. Outra influência de Prates é a de uma metodologia local desenvolvida pelo professor Paulo Medina, diretor e coreógrafo da Voo Livre Cia de Dança, arraigada em Cuiabá há mais de 20 anos.

Serviço
O espetáculo “Scarlet e o Branco” ocorre hoje (31) no Salão Social do Sesc Arsenal (Rua Treze de Junho, s/n - Centro Sul, Cuiabá), ás 20h. A entrada é 1 litro de leite longa vida e permitido para todas as idades.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet