Olhar Conceito

Terça-feira, 30 de novembro de 2021

Notícias / Tecnologia

Bebidas em cápsula? Entenda como a tecnologia funciona

Techtudo

21 Mai 2015 - 17:48

Foto: (Divulgação/bblend.com)

B.blend produz uma variedade de bebidas em cápsulas, quentes ou frias, com ou sem gás

B.blend produz uma variedade de bebidas em cápsulas, quentes ou frias, com ou sem gás

Depois que a primeira máquina que faz bebidas em cápsula chegou ao Brasil, a tecnologia levantou muitas dúvidas. Essa semana a fabricante de eletrodomésticos Whirlpool e a Ambev anunciaram o início da joint venture B.blend Máquinas e Bebidas S.A, uma iniciativa que tem como objetivo vender bebidas não-alcoólicas em cápsulas para a máquina Brastemp B.blend. Mas como essa "mágica" acontece? Quanto essa tecnologia custa? Apesar de parecer coisa "do futuro", o TechTudo explica que tudo é muito simples e esclarece outras possíveis questões.

A máquina

Não tem mistério, as máquinas de bebida em cápsula são simples e lembram aquelas que fazem cafés expressos. O diferencial dessa tecnologia é que ela é a primeira plataforma de bebidas em cápsula all-in-one (tudo em um, em tradução direta), que funciona ainda como um purificador de água - os produtos que existiam, anteriormente, só eram capaz de produzir um único tipo de bebida. A tecnologia identifica automaticamente a bebida e a prepara para o consumo.

Como funciona?

Cada cápsula tem um código de barras e quando ela é inserida no compartimento da máquina, um leitor digital identifica aquele código e reconhece automaticamente qual o tipo de bebida que deverá ser produzido. Assim, o aparelho sabe a quantidade exata de água que precisa colocar, além dos outros componentes da bebida – como quantidade de outros líquidos. Simples, né?

Disponibilidade

Como ainda é novidade, a máquina só está à venda na web e faz entrega apenas nas cidades de São Paulo, Campinas e região. O conjunto com a máquina e um pacote com 100 cápsulas (com três tipos de combinações de bebidas) sai por R$ 3.499 para os 500 primeiros compradores. Um preço alto e para poucos, mas a expectativa é que o mercado cresça e a tecnologia fique mais acessível.

Concorrência

No começo deste ano, a Coca-Cola fechou um acordo de US$ 1,25 bilhão para comprar 10% da empresa de cápsulas e máquinas de café e bebidas quentes Green Mountains Coffee Roasters. Desde 2014, a gigante de refrigerantes vem deixando claro sua intenção de lançar uma máquina para bebidas geladas, bem similar a Brastemp B.blend. Agora é esperar e ver o que vem por aí (e enquanto isso a maioria de nós continua com o tradicional refrigerante de latinha).
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Redes Sociais

Sitevip Internet