Olhar Conceito

Quinta-feira, 28 de outubro de 2021

Notícias / Tecnologia

Dez curiosidades que pouca gente sabe sobre os aparelhos da Apple

Techtudo

22 Jun 2015 - 16:12

Fundada em 1974 por Steve Wozniak e Steve Jobs, a Apple é atualmente uma das maiores empresas que atuam no mercado de tecnologia, com destaque para smartphones, notebooks e tablets. Porém, antes de virar uma multinacional, a empresa da maçã passou por várias dificuldades, produtos fracassos e outras curiosidades interessantes que hoje a tornaram uma renomada companhia. Veja abaixo uma lista com dez curiosidades sobre os gadgets da Apple.

O primeiro Macintosh da Apple foi o computador ícone da empresa e ganhou este nome não por acaso. McIntosh é o nome de uma maçã cultivada originalmente no leste do Canadá e na Nova Inglaterra, e que agradava muito o coordenador encarregado do projeto no momento, Jeff Raskin.

2. Primeiro computador para uso pessoal

A Apple foi a primeira empresa a desenvolver um computador pessoal. O Apple II foi uma grande evolução para a indústria da informática, sendo responsável por converter a empresa da maça em uma companhia com o maior crescimento da história norte-americana, com 700% de crescimento em somente 3 anos.

O primeiro Apple II foi vendido em 16 de abril de 1977, equipado com um processador MOS Technology 6502 com um clock de 1 MHz, 16 kB de memória RAM, um interface para cassetes áudio e uma ROM que incluía um interpretador de BASIC.


3. Sem parafusos ou cortes expostos


Ainda falando sobre o segundo computador da maçã, o Apple II não só revolucionou a indústria da informática, como também trouxe um design impressionante. A partir daí, já era possível observar o grande potencial da empresa, ao criar um computador sem parafusos ou cortes expostos, aliados ao forte slogan: “A simplicidade é a máxima expressão da sofisticação”.


4. Primeira a usar mouse e interface com janelas


Foi depois do Macintosh que a interface gráfica baseada em ícones e janelas se popularizou. A Apple foi responsável por trazer muitos elementos novos para a época, como a barra de menu, os menus pop-up e o conceito de clicar e arrastar, também conhecido como drag and drop, e o mouse.

5. iPod ou Dulcinmer?


Muitos não sabem, mas durante o período de desenvolvimento do iPod, seu codinome era Dulcinmer. O gadget estava sendo desenvolvido com objetivo de oferecer ao consumidor “mil músicas no bolso”. Porém, quando o primeiro protótipo branco foi construído, o freelancer Vinnie Chieco associou o produto ao filme "2001: Uma Odisseia no Espaço".

Depois disso, Chieco associou a palavra “por” da frase “Open the pod bay door, Hal!, e nomeou o gadget de iPod – acrescentando o ï”, que já é tradição nos produtos da Apple.


6. Easter Egg no iPod


Ainda falando sobre o primeiro iPod da Apple, o gadget contava com uma surpresa que nem todos sabiam. Ao entrar no menu “Sobre” e pressionar o botão central durante alguns segundos, o dispositivo dava acesso ao jogo BreakOut enquanto ouviam música. O jogo foi desenvolvido pelo próprio Steve Jobs, com a ajuda de Steve Wozniak.


7. Horário 9h41

Talvez você já tenha reparado, mas nunca de fato parou para pensar porque toda as fotos de divulgação dos dispositivos iOS vem com o mesmo horário sempre: 9h41. A explicação é bem simples, isso acontece porque todos os dispositivos com o sistema mobile da Apple são apresentados depois de 40 minutos nos eventos da empresa. Assim, os designers que criam o material adicionam um ou dois minutos a mais no tempo para chegar o mais próximo possível do horário da revelação.


8. Apple lançou uma das primeiras câmeras digitais para o consumidor

Em 1994, a Apple lançou a Quick Take, uma das primeiras câmeras digitais voltada ao consumidor. O dispositivo chegou a ter três variantes e era vendido por US$ 600. Porém, o produto não durou muito, e em 1997 já foi descontinuado.


9. Computadores brancos

passou um período fora da Apple, mas depois que retornou o CEO estava determinado a criar dispositivos mais bonitos, com design criativo. Ele queria trazer um conceito novo, em que as pessoas comprariam seus produtos não porque eles eram necessários, mas sim porque elas teriam orgulho de mostrá-los para os outros. Assim acabou surgindo os computadores de cor branca.

10. Fontes no MacPoucos sabem, mas Steve Jobs era um grande apreciador de caligrafias. Foi essa paixão que fez com que Jobs introduzisse dezenas de opções de fontes para que os usuários dos dispositivos pudessem escolher novas fontes e otimizar seus documentos.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Redes Sociais

Sitevip Internet