Olhar Conceito

Quinta-feira, 28 de outubro de 2021

Notícias / Tecnologia

Samsung é acusada de bloquear atualizações do Windows

G1

01 Jul 2015 - 14:33

A Samsung foi acusada de incluir em seus notebooks um software de atualização capaz de sobrepor ao Windows, desativando as atualizações que são fornecidas pela Microsoft a todos os usuários do sistema operacional. A prática foi denunciada na terça-feira passada (23) por Patrick Barker, um MVP de Windows ("MVP" é um título concedido pela Microsoft para pessoas sem relação com a empresa que contribuem com os usuários de seus produtos).

O programa baixado pela Samsung nos computadores se chamava "Disable_Windowsupdate.exe" ("Desativar Windows Update", em português).

A Samsung inicialmente defendeu o software, afirmando que a intenção era garantir que os programas instalados não trouxessem nenhuma incompatibilidade com o hardware oferecido pela fabricante de eletrônicos sul-coreana.

Depois do fato vir a público, a Microsoft divulgou uma nota condenando a prática, justificando que os usuários que não atualizam o sistema podem ficar vulneráveis a ataques.

"O Windows Update é um componente crítico do nosso compromisso com a segurança de nossos clientes. Não recomendamos desativar ou modificar o Windows Update de qualquer modo, já que isto pode expor o consumidor a maiores riscos de segurança. Estamos em contato com a Samsung para resolver essa questão", disse o comunicado da Microsoft.

No fim de semana, a Samsung prometeu distribuir uma atualização para seu software que não iria mais interferir com o Windows Update.

A coluna Segurança Digital do G1 procurou a Samsung nesta segunda-feira (29) para saber se algum produto vendido pela companhia no Brasil também foi distribuído com o software que desativou o Windows Update.

A companhia não soube informar quais os produtos que seriam (ou não) afetados no Brasil. O comunicado da Samsung apenas nega que atualizações do Windows tenham sido "bloqueadas", mas não chega a negar a interferência com o Windows Update, justificando que os clientes têm a opção de "escolher".

O entendimento da Samsung difere do da Microsoft: no Windows 10, cujo lançamento está previsto para este mês, as versões de uso doméstico terão atualizações automáticas e não haverá meio para o usuário escolher quais deseja instalar. Também não deve haver maneira para desativar o Windows Update. No Windows 8.1, essa opção ainda existe para todos os usuários e pode ser configurada no Painel de Controle do sistema, sem a necessidade de outro software para "ajudar".

Leia, abaixo, o comunicado da Samsung na íntegra:

"A Samsung não bloqueia nenhuma atualização do sistema operacional Windows 8.1 nos computadores ou tablets da marca. Como parte de nosso compromisso com a satisfação do cliente, oferecemos aos usuários a opção de escolher, se e quando, querem atualizar o software Windows em seus dispositivos. Levamos a segurança dos produtos muito a sério e incentivamos que os clientes entrem em contato diretamente com a nossa central para esclarecer qualquer tipo de dúvidas. Estamos à disposição pelo telefone 11-4004-0000".
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Redes Sociais

Sitevip Internet