Olhar Conceito

Quarta-feira, 02 de dezembro de 2020

Notícias / Artes visuais

Exposição de Wlademir Dias-Pino se descentraliza e está em três museus da capital

Da Redação - Naiara Leonor

04 Set 2015 - 14:58

Foto: Reprodução/Facebook

Exposição de Wlademir Dias-Pino se descentraliza e está em três museus da capital
Setembro é o mês de Silva Freire e este ano é também o mês de Wlademir Dias-Pino. Homenageando Wlademir, este ano a edição do Setembro Freire descentraliza suas obras e as espalha pela cidade de Cuiabá. Três museus na capital receberão a exposição “Cuiabá Experimental” entre os dias 02 de setembro e 31 de outubro.

Leia mais:
Uma noite para sentir: Setembro Freire homenageia o artista Wlademir Dias-Pino
Setembro Freire começa nesta quarta com lançamento de livro; performance está na programação

Com a ideia de replicar a temática do Intensivismo, movimento literário iniciado na segunda metade da década de 40 e cujo berço se deu na capital mato-grossense, através do trabalho dos poetas Benedito Sant’Ana da Silva Freire e Wlademir Dias-Pino, é que o Circuito Cultural Setembro Freire desconcentrou a exposição.

A Mostra principal acontece no Museu de Arte e Cultura Popular da UFMT (MACP), aberta no dia 8 e as paralelas nos Museus de Arte e Histórico e Geográfico de Mato Grosso. A curadoria é da diretoria da Casa Silva Freire sob a orientação da poeta e artista intermídia, Regina Pouchain.

A “Cuiabá Experimental” ficará no jardim com sete painéis de Dias-Pino como índice da visualidade da exposição pública. Na parte interna/térrea do MA-MT a exposição “Aesthesis”, do artista Carlos Batista, reúne 12 obras de duas séries, inspiradas em fragmentos de poemas de Silva Freire e no movimento Intensivista. A mostra apresenta uma explosão de significados encontradas na literatura intensivista, apresentadas por experiências e energia criadora do artista que estão impulsionadas pela “Aesthesis” expressas na liberdade individual.

Ambas têm abertura no dia 9 de setembro, às 20h sendo a visitação da primeira de 10 de setembro a 29 de novembro e a segunda de 10 de setembro a 4 de outubro, de terça a domingo das 9h às 17h.

Na ocasião da abertura, no dia 09 de setembro, haverá performance teatral com o Grupo Tibanaré e Conversas Literárias com a participação dos poetas: Lucinda Persona, Aclyse de Mattos, Rodrigo Brito, Joe Sales e Juliano Lobato.

No dia 10 serão retomadas as conversas Literárias com a participação de Gabriel de Mattos, Ivens Scaff, Allan Borges, Wudson Marcelo, Eduardo Ferreira e Lorenzo Falcão. A ação é coordenada pela Casa de Cultura Silva Freire, Museu de Arte de Mato Grosso e Grupo de Pesquisa RG Dicke (UFMT-ECCO).

No Museu Histórico

Já no Museu Histórico a mostra “Cuiabá Experimental” acontece entre os dias 11 e 18 de setembro, onde, além de três painéis de obras de Dias-Pino, haverá mostra de Poesias, das 8 às 18h, de estudantes da Escola Municipal Darcy Ribeiro e da Escola Centro de Atendimento ao Deficiente Auditivo (CEADA), produzidos pelos alunos após oficinas ministradas pela diretora da Casa Silva Freire, Larissa Freire, com o tema “A Poesia vai à Escola”, baseadas nas obras de Silva Freire em parceria com Dias-Pino, que serão expostos em varal ou cordel.

Enquanto isso, no banheiro...

Ainda no Museu Histórico estão previstas intervenções em grafite intituladas: “Asneira pra besteira” e “À frente dos grafiteiros do mundo”. Na ação o grafiteiro Babu78 fará uma leitura/intervenção dos textos “Asneira pra besteira” e “À frente dos grafiteiros do mundo”, do livro Trilogia Cuiabana, volume 2, de Silva Freire, nos banheiros do Museu Histórico de Mato Grosso. O horário de visitação da arte será das 9 às 18h, nos banheiros, masculino e feminino, do Museu Histórico de Mato Grosso.

Todas as atividades e fotos que compõem o Setembro Freire podem ser conferidas no site e facebook.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet