Olhar Conceito

Quarta-feira, 18 de maio de 2022

Notícias | Artes Cênicas

tupy or not to be

Projeto traz peça, documentário e oficina para discutir questão indígena no Brasil

Foto: Reprodução / Da Assessoria

Projeto traz peça, documentário e oficina para discutir questão indígena no Brasil
Um projeto cultural – e, porque não, político – traz três eventos para o Teatro da UFMT neste final de semana. “Tupy or Not To Be” une uma peça de teatro, um documentário e uma oficina para falar sobre a realidade dos povos indígenas no Brasil, desde a época do “descobrimento” até os dias de hoje.

Leia mais:
Crise de Dilma não prejudica o sucesso da peça de seu imitador; Participe do sorteio de ingressos
Espetáculo em homenagem à sensei de karatê arrecada fundos para viagem dos alunos

Patrocinado pela Funarte (Fundação Nacional das Artes) e pelo Ministério da Cultura, o projeto terá entrada gratuita para as atividades, e nos espetáculos o espectador paga o quanto puder no ‘ingresso no chapéu’.

A peça



A peça “Cartas do Paraíso” terá uma exibição no sábado (24) e uma no domingo (25). Criada pela “Boa Companhia”, ela conta a história da chegada dos portugueses no Brasil e o confronto com os povos indígenas nativos.

“A bordo das grandes canoas com asas viajavam padres, degredados, cartógrafos, bufões, toda sorte de aventureiros. Na praia, os aguardavam homens, mulheres, xamãs e guerreiros. Na linha branca de areia se encontraram, e curiosos da diferença, devoraram-se, transformaram-se uns nos outros, amalgamados, mestiços, amedrontados e pasmos diante da morte”, diz a sinopse.

Para criar o roteiro e os personagens, os atores e a equipe da companhia recolheram material em livros, artigos, documentos, além de fazer viagens de campo para estudo.

Nascida em 1992, a ‘Boa Companhia’ surgiu do curso de artes cênicas da Unicamp. Já se apresentou em diversos lugares do Brasil e do mundo, como Exu (Serra do Araripe), Moscou, Londres, Osasco, Santiago e diversos outros.

O documentário

A exibição do filme ‘Corumbiara’ acontece no domingo (25), às 16h, também no teatro da UFMT. O documentário denuncia o massacre dos índios da Gleba Corumbiara, de Rondônia, e foi feito pelo indigenista e antropólogo franco-brasileiro Vicent Carelli e pelo indigenista Marcelo Santos. Foram anos para encontrar sobreviventes e para que os índios pudessem contar sua versão. 

Assista a um extrato do filme:




A Oficina


A oficina que acontece no sábado (24) é indicada para atores profissionais ou amadores e estudantes de artes cênicas. Seu objetivo é compartilhar os procedimentos utilizados pela companhia na montagem do espetáculo ‘Cartas do Paraíso’. São 20 vagas.

Serviço

Espetáculo Cartas do Paraíso
24 e 25 de outubro (sábado e domingo) às 20h
ingresso no chapéu

Oficina Um corpo em estado de viagem
24 de outubro (sábado) – 09h às 13h
Gratuita – inscrições: http://cartasdoparaiso.boacompanhia.art.br/inscricao-oficina/

Exibição do filme Corumbiara e bate papo
25 de outubro (domingo) às 16h
gratuito

Local: Teatro da UFMT – Avenida Fernando Correa, 2367, Campos Universitário de Cuiabá
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet