Olhar Conceito

Quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Notícias / Literatura

Escritor cuiabano emociona mãe de Marcos Coutinho com homenagem ao Olhar Direto e ao bom jornalismo

Da Redação - Ronaldo Pacheco

06 Nov 2015 - 16:51

Foto: Bia Corrêa / Divulgação

Airton dos Reis Júnior recorda a verve musical de Marcos Coutinho

Airton dos Reis Júnior recorda a verve musical de Marcos Coutinho

Amigo de longa data do saudoso jornalista Marcos Coutinho (in memorian), diretor do Olhar Direto morto em junho de 2013, o poeta e escritor Airton dos Reis Júnior relembrou a sua verve artística. Ele emocionou a procuradora aposentada Zildinete Coutinho Barbosa, mãe de Marcos Coutinho, ao recordar o acróstico que produziu em homenagem ao ex-diretor do Olhar Direto.

“O acróstico foi produzido dias após o seu passamento. Mas agora mostrei e declamei para a mãe dele, a doutora Zildinete, que ficou muito emocionada”, afirmou ele.

Cuiabano de família tradicional, Airton dos Reis recordou os saraus culturais dos quais participou, com a presença de Marcos Coutinho. “Ele tinha uma perspicácia musical muito apurada. Seu lado de músico era muito forte, como aliás, de quase toda a família”, citou Reis Júnior.

“Tinha também o lado companheiro e amigo. Coutinho tinha um riqueza intelectual de grandeza imensurável e, lógico, servia de fonte de inspiração para poemas, acrósticos e músicas”, sintetizou Airton.
Depois do sucesso do livro "Cidadão em contos", Airton dos Reis planeja lançar em janeiro ou fevereiro uma nova obra: “Estrelas do Oriente”, que promete surpreender aos leitores.



“Eu digo que o que alimenta o poeta é justamente isso: o retorno. Acho que o primeiro objetivo de um texto é produzir outro texto. Já nasce com essa relação”, emendou ele.

Acróstico completo: Minuto de silêncio compartilhado em poesia. Olhar Direto em melodia...

Minuto de silêncio compartilhado em poesia. Olhar Direto em melodia...

Ausência repentina margeada em cidadania. Olhar Direto em maestria...

Retina fechada. Lágrima perolada. Íris espiritual. Olhar Direto em ideal...

Caminhada continuada em visão sensorial. Olhar Direto sem ponto final...

Oriente Eterno em esplendido portal. Olhar Direto em prisma ora sideral.

Saudade em laço fraternal imortalizado. Olhar Direto: Cabedal ilustrado...

Celestial moradia diante do pavimento estrelado. Olhar Direto iluminado.

Obreiro da palavra em sintonia existencial... Olhar Direto: Polir e lapidar...!

Universo jornalístico ampliado além de um olhar... Olhar Direto: Edificar!

Tempo e espaço cidadão publicado. Olhar Direto nos predicados da razão.

Imprensa e liberdade de expressão. Olhar Direto elaborado com perfeição.

Notabilidade em comunicação virtual. Olhar Direto em elevado manancial.

Humanidade e perfeição gramatical. Olhar Direto em exaltado memorial...

Olhar Direto no esplendor da alvorada angelical. Paz em plenitude Divinal!


(*) AIRTON REIS é professor, poeta e embaixador da paz em Mato Grosso. E-mail: airtonreis.poeta@gmail.com

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet