Olhar Conceito

Terça-feira, 18 de maio de 2021

Notícias / Música

MÚSICA DE RAÍZ

Jornalista e violeiro é destaque do Prêmio Rozini de viola caipira

De Brasília - Vinícius Tavares

18 Jun 2013 - 17:35

Foto: Reprodução

O músico e poeta Claudivan Santiago

O músico e poeta Claudivan Santiago

O músico e poeta Claudivan Santiago é um dos destaques da edição 2013 do Prêmio Prêmio Rozini de Excelência da Viola Caipira. Os vencedores foram agraciados nesta segunda-feira (17.6), durante premiação no Memorial da América Latina, em São Paulo. O curioso é que Claudivan é jornalista e trabalha como assessor de imprensa de um parlamentar na Câmara Federal. Mas apesar da rotina nos gabinetes e comissões, o músico nunca abandonou a paixão pelas 12 cordas.

O CD Viola Pura Viola, lançado neste ano pelo artista, está entre os três melhores na categoria CD Instrumental, do Prêmio Excelência da Viola Caipira 2013. Com 12 faixas, das quais apenas duas cantadas - “A Experiência” e “Memórias de um Sertanejo” – Viola Pura Viola mostra o lado instrumentista de Claudivan Santiago, e sua produção como violeiro.

Claudivan Santiago é natural do município de Tocantinópolis, região Norte do Tocantins. Filho de pai músico, aprendeu a gostar de música desde cedo. Seu primeiro instrumento foi uma violinha feita de buriti e quatro cordas de linha de pescar, encomenda por sua avó Mariquinha a um vizinho artesão. Aos 15 anos, começou a tocar profissionalmente com seu pai e mais três irmãos no Grupo Real Som, de propriedade da família.

Em sua juventude, organizou festivais de música na cidade de Ananás, interior do Tocantins, e participou de festivais de música pelo estado.Venceu por duas vezes, em 1999 e 2001, o FABIP – Festival Aberto do Bico do Papagaio, realizado anualmente na cidade de Araguatins, região próxima a Imperatriz (MA).

O seu primeiro disco (Menina dos Olhos) foi lançado em 2002, em Araguaína (TO). O CD é um trabalho autoral. Reúne 13 músicas em estilo pop romântico. No ano seguinte, mudou-se para Brasília, onde passa a conviver mais de perto com a música caipira, especialmente a produzida por violeiros, duplas e cantadores do entorno da capital federal.

Em 2005, a partir dessas influências, Claudivan Santiago resolveu comprar sua primeira viola caipira. Músico autodidata, encontra referências em Almir Sater, Renato Andrade, Braz da Viola, Ivan Vilela, Pereira da Viola, Tião Carreiro, Goiano (da dupla Goiano e Paranaense), Roberto Correa e vários outros artistas para compor sua própria identidade.

Em 2008, lançou seu segundo CD, “Poesia Inviolada”, uma produção independente e que o próprio artista o define como “simples, original e despretensiosa”. Entre os destaques estão as faixas Cegueira, Canto Apaixonado, Menina dos Olhos (única regravação do disco), Traje de Noiva e Filho da Razão. Outra canção importante desse trabalho é a A Volta da Chalana, por meio da qual o artista homenageia o célebre compositor Mário Zan.

Prêmio Rozini

O Instituto Brasileiro da Viola Caipira (IBVC), sediado em Belo Horizonte, realiza este evento como o objetivo de colaborar com o fomento da cadeia produtiva relacionada ao instrumento viola de 10 cordas (também conhecido como “viola caipira” ou “viola brasileira”). A produção musical selecionada para a final do Prêmio passa por avaliação de produtos lançados, colaborando, desta forma, no mapeamento da atuação da viola em todas as regiões do Brasil, por meio de perfis cadastrados no site do Instituto.

O Prêmio Rozini de Excelência da Viola Caipira está em sua terceira edição, sendo realizado nos anos de 2005 e 2010. Nesta edição, serão contemplados artistas e profissionais de 24 categorias. O grande homenageado do ano será o violeiro Almir Sater, que receberá o prêmio “excelência da viola caipira”.

Outra homenagem especial será feita à cantora e apresentadora Inezita Barroso, por toda uma vida dedicada à divulgação da música raiz brasileira e pelo seu programa "Viola Minha Viola". Conhecida como a Dama da Viola Caipira, Inezita apresenta na TV Cultura, há mais de 30 anos, o programa Viola Minha Viola, a maior referência em termos de programa de TV no Brasil no segmento caipira.

Relação dos contemplados no Prêmio Rozini de Excelência da Viola Caipira:

ARRANJADOR:

Sidnei Oliveira
Wilson Lima
Valdir Verona

CD:

Noel Andrade
Rodrigo Delage
Bilora

CD INSTRUMENTAL:

Rodrigo Nali (Duo Catrumano)
Claudivan Santiago
Viola da Terra

DUPLA:

Otávio Augusto e Gabriel
Kleyton e Karen
Ramon e Rozado

DUPLA REVELAÇÃO:

Tião Reis e Zé Mineiro
Di Souza e Moisés
Muniz Teixeira e Joãozinho

DVD:

Grupo Cordas da Mantiqueira
Lucas Reis de Thácio
Luiz Salgado

GRUPO:

Viola de Nóis
Violeiros Matutos
Viola Quebrada

INTÉRPRETE:

Tarcísio Manuvei
Pedro Antônio Silva
Cláudio Lacerda

LETRISTA:

Batista dos Santos
Fábio Miranda
Ademar Braga

ORQUESTRA:

Orq. Violas Terra da Uva (Jundiaí-Sp)
Orq. Filarmônica de Viola (Campinas-Sp)
Orq. Viola de Arame (Araguari-Mg)

OUTRAS VERTENTES:

Daniel de Paula

MODA DE ROCK (Matuto Moderno)

Raul Misturada e Mazim Silva

PUBLICAÇÃO LITERÁRIA:

Fabio Sombra
Pedro Alexandrinio
Jorge Fernando dos Santos

REVELAÇÃO SOLO:

Júnior Carvalho
Wilson Teixeira
Renato Caetano

VIOLEIRA:

Juliana Andrade
Fabíola Mirela
Andréa Carneiro

VIOLEIRO:

Sérgio Penna
Júnior da Viola
Rogério Gulin

GUARDIÃO DAS RAÍZES:

Zé Antônio d Wagner
Téo Azevedo
Geraldo do Norte

LUTHIER:

Luciano Queiroz
Mirían Cris
Jeziel Carlos Santos

PRODUTOR:

Eduardo Santos
Mariângela Zan
Polyana Faria

SITE:

Angelim
Blog Cultura Caipira
Recanto Caipira

PROFESSOR:

Cléber Viana
Daniel Viola
Corvo Campeiro

TRABALHO SOCIAL:

Cláudia Morais Neves
Raízes do Sertão
Grupo Vida Brasil

PROGRAMA DE RÁDIO:

André Viola
Cléber Toffoli
Programa Sertão Bom

REFERÊNCIA:


Tião Carreiro
Bambico
Helena Meireles

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet