Olhar Conceito

Quarta-feira, 18 de maio de 2022

Notícias | Artes Cênicas

conheça Ilson

Cuiabano é o único do estado a estudar na mais renomada escola de palhaços e investe em arte-educação

Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal

Cuiabano é o único do estado a estudar na mais renomada escola de palhaços e investe em arte-educação
Com a missão de fazer rir e educar, o cuiabano Ilson de Oliveira decidiu se jogar no mundo dos palhaços. Atualmente, é o único mato-grossense que estudou na Escola Livre de Palhaços do Rio de Janeiro, referência na formação de ‘clowns’ no Brasil, e traz em sua agenda diversos projetos de arte-educação.

Leia mais:
'Encontros Possíveis' traz profissionais das artes cênicas de todo o Brasil para evento em Mato Grosso
Festivais de Teatro acontecem em todo o estado de Mato Grosso no mês de novembro e trazem 82 peças

Mas Ilson não começou sua carreira com o nariz vermelho. Em 1993, ainda garoto, ele viu uma placa de ‘curso de teatro’ no Sesc Arsenal, e se inscreveu. Durante dois anos, fez parte do grupo de atores e se apresentou em escolas, em outras unidades do Sesc e até mesmo na APAE.

Depois do primeiro contato com as artes cênicas, ele não parou mais. Seus projetos, então, passaram a ser dedicados a educar. Primeiro, trabalhou em uma apresentação de educação para o trânsito, e se apresentou 45 vezes, viajando pelo estado de Mato Grosso. Foi também ator de encenações para a Polícia Rodoviária Federal, e em 2003 recebeu um desafio: “Um dia nos reunimos com a pedagogia e a coordenação e eles disseram que queriam algo que as pessoas tivessem que parar para assistir”.



Foi aí que Ilson pensou pela primeira vez em fazer um palhaço: “Isso foi bem na época em que o circo estava em decadência, muitos tinham fechado por causa da lei que proibiu animais”, conta. O desafio, no entanto, era encontrar a linguagem: “Eu era ator, não palhaço. Estava interpretando um palhaço”, explica Ilson.

Para encontrar essa linguagem, ele passou nove meses no Rio de Janeiro, fazendo o curso: “Ele era dividido em módulos, e estudamos a linguagem, quedas e cascatas, a essência do palhaço, o improviso, a sensibilidade, o olhar, acrobacia, mágica, e até dança voltada para expressão corporal”. Para Ilson, o curso foi um ponto de partida para criação de seu palhaço: “Foi uma descoberta de outras possibilidades. Eu nunca tinha feito curso, não tinha conhecimento dessa linguagem”.

Depois que retornou a Cuiabá, todos os projetos de Ilson são dedicados ao seu palhaço. No próximo sábado (28), por exemplo, ele se apresenta na quarta edição do Vem pra Arena com várias intervenções.

Para janeiro, ele também programou um curso chamado “Meu nariz é vermelho”, que será ministrado no Centro Cultural Casa Cuiabana. Serão 40 horas de curso divididas em dois dias, com investimento de R$250. “A ideia é que depois que o curso acabar a gente faça pelo menos uma vez por mês um encontro dos palhaços com o público”, explica Ilson.

Além disso, em 2016 a agenda não para: a ‘Caravana Palhaços a vista’, aprovada pela Secretaria de Estado de Cultura e Lazer (Secel), vai percorrer doze cidades de Mato Groso levando a apresentação “Fábrica de Risos” aos pontos do estado que tem menos oportunidades de acesso à cultura. Outro projeto, o “Teatro do Cerrado”, também vai viajar com o espetáculo O amor por Anexins.

Em 2016, ele também organiza o 3º Encontro Internacional dos Artistas do Picadeiro, e traz profissionais da Espanha, Portugal, Argentina e diversos locais do Brasil para Cuiabá, durante oito dias de evento. Sua companhia, ‘Theatro em Cena’, tem como integrantes Altiery Dallys, Ricardo de Freitas, Ely de Santana Barros, Lucas Andrade e Thayse Souza, além de Ilson como diretor. “Nós buscamos fazer espetáculos com os palhaços, além de explorar o teatro de rua e espaços alternativos”, explica o diretor. Com tantos projetos, falta tempo para tirar o nariz vermelho, e Ilson e Zabilim Plim Plim (seu palhaço) se confundem em uma só pessoa.

*Telefone para mais informações sobre o curso e apresentações: (65) 9978-6162.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet