Olhar Conceito

Quinta-feira, 20 de janeiro de 2022

Notícias | Artes visuais

Entrada Gratuita

Bienal de São Paulo Itinerante está em sua última semana em Cuiabá

Foto: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

Bienal de São Paulo Itinerante está em sua última semana em Cuiabá
Quem ainda não foi visitar a 31ª Bienal de São Paulo, em Cuiabá, corre que ainda dá tempo. A exposição, que está no Palácio da Instrução até o próximo domingo (06), reúne 49 obras de 16 artistas de todo o mundo, com entrada gratuita.

Leia mais:
Governador Pedro Taques assiste a show de Orquestra e Vanguart na Arena no meio da galera
Evento mensal de SP chega a Cuiabá e reúne diversos artistas em dois dias de performances e exposições

A mostra é a mais importante exposição de arte contemporânea do país e uma das três principais do mundo. Pela primeira vez na região Centro-Oeste, apresenta-se ao público com o tema "Como (...) coisas que não existem. Em 26 dias de exposição, o Palácio da Instrução recebeu escolas públicas e privadas, instituições e grupos de Cuiabá e Várzea Grande, Alta Floresta, Chapada dos Guimarães, Primavera do Leste, Jangada, Barra do Bugres, Sinop e Cáceres, além de jovens do Sistema Socioeducativo.

O tema "Como (...) coisas que não existem" busca estimular uma reflexão sobre diferentes questões, como religião, sexualidade, violência, meio ambiente, política e arte. E embora a interpretação seja subjetiva e a provocação implícita, algumas obras despertam diretamente para o que se propõe.

É o caso do vídeo Ymá Nhandehetama, que sensibilizou estudantes do 6º e 7º ano do Ensino Fundamental da Escola Estadual Leônidas Antero de Matos, de Cuiabá. Sorrayla e Oliveira Reis tem 13 anos e pela primeira vez visitou uma exposição de arte. “Achei tudo muito criativo. Antes pensava que nem era tão importante, mas aqui vi que tem coisas que fazem parte da vida da gente, como o vídeo do índio que fala como eles são invisíveis”.

O jovem aprendiz do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), Gabriel Vinícius Higino de Siqueira, 16 anos, conta que quando chegou na mostra, já imaginou que veria surrealismo. “Esse tema, fiquei instigado. Foi a primeira coisa que quis saber. Achei que seria tudo fora da realidade, mas depois vi que tem muito da essência do ser humano, questões políticas e ambientais”. A instrutora Nancy do Espírito Santo, que acompanhava o grupo, conta que em grande parte são adolescentes em situação de vulnerabilidade e a proposta foi proporcionar uma vivência com a arte. “Muitos nunca estiveram num museu, e queríamos que vivenciassem essa experiência. Vamos trabalhar a visita com eles, promover um debate sobre os sentimentos em relação à mostra, o que aprenderam”.

As 31ª Bienal de São Paulo é uma realização do Ministério da Cultura, Governo de Mato Grosso por meio da Secretaria de Estado de Cultura, Bienal São Paulo e Itaú.

Para as visitas em grupos, como escolas e instituições, o agendamento pode ser feito pelo email 31bienalmt@secel.mt.gov.br. Os horários de visitação são de terça a sexta, das 8h às 20h, sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h. A entrada é gratuita. O Palácio da Instrução fica na rua Antônio Maria, 251, centro de Cuiabá.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet