Olhar Conceito

Terça-feira, 18 de maio de 2021

Notícias / Política Cultural

Música

Instituto Ciranda promove jantar beneficente nesta quinta-feira

Da Redação - Bruna Gomes

19 Jun 2013 - 13:05

Foto: Protásio Morais

Instituto Ciranda promove jantar beneficente

Instituto Ciranda promove jantar beneficente

Com 10 anos de trabalho voltado para as áreas de educação e cultura, o Instituto Ciranda realiza mais uma ação nesta quinta-feira (20). Através da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT), promove um jantar beneficente, do qual toda a renda será revertida na compra de instrumentos musicais para os alunos do projeto. O evento ocorre no Buffet Leila Malouf e começa às 21 horas. O Instituto atende cerca de 450 crianças de baixa renda, com foco na música como ferramenta de mudança social.

Para a noite que também celebra os 10 anos do projeto, foi reservado um repertório especial permeado por Música Popular Brasileira, jazz e música orquestral e executado por músicos e professores do Instituto.

Na entrada, recepcionando os convidados estará o Quinteto Ciranda Brass com um line-up que vai de clássicos, com canções de Tom Jobim, Ari Barroso, Jonh Kander Fred Ebb e Astor Piazzolla. Enquanto isso no ambiente interno, o DJ toca bossa nova instrumental.

Após o pronunciamento da anfitriã da noite, a Orquestra Jovem de Mato Grosso que tocará três músicas. Trata-se de “Batuque”, de Oscar Lorenzo Fernandes; “Milonga del Angel”, de Astor Piazzolla e “Um Pouquinho de Brasil”,do repertório autoral.

Durante o jantar os presentes apreciam a performance da Cuyabá Orquestra Popular, executando a fina flor do jazz, com canções de Frank Sinatra, Steve Wonder, Duke Ellington e Sammy Nestico, entre outros. Para finalizar, após o jantar música dançante será discotecada.

Para a primeira-dama de Mato Grosso e secretária de Estado de Trabalho e Assistência Social, Roseli Barbosa, a participação de todos será fundamental para o sucesso do evento, e, consequentemente, para a expansão deste importante projeto que já transformou a vida de milhares de mato-grossenses.

“Juntos podemos fazer mais pelos nossos jovens. Aliando música e cidadania, tenho certeza de que eles poderão não só aprender mais sobre a utilização dos instrumentos, como tambémter disciplina, senso de responsabilidade, possibilitando ainda que os mesmos fiquem distantes das atividades nocivas”, destacou Roseli Barbosa.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet