Olhar Conceito

Notícias / Arquitetura, décor e design

fantasia

Morando há 21 anos em Cuiabá, Papai Noel abre sua casa para realizar sonhos de idosos e crianças

Da Redação - Isabela Mercuri

18 Dez 2015 - 08:34

Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal

Morando há 21 anos em Cuiabá, Papai Noel abre sua casa para realizar sonhos de idosos e crianças
O natal de 2015 ia ser menos iluminado. Pelo menos para os cuiabanos e, principalmente, para os moradores do bairro Santa Rosa. O papai Noel que todos os anos abre sua casa passou por alguns problemas pessoais, mas decidiu, depois de muitos pedidos e muita ‘choradeira’, abrir suas portas na noite da última quarta-feira (15).

Leia mais:

Casa do Papai Noel em Cuiabá está com as portas abertas até esta quarta-feira
Papai Noel "tem casa" em Cuiabá que já virou tradição (confira fotos)

Até a próxima quinta (24), elevai receber crianças, adolescentes, adultos e idosos, como faz há vinte e um anos. Desde que se mudou do sul do país para Cuiabá, ele quis manter a tradição: “Hoje em dia com a internet as pessoas perderam um pouco da fantasia e das tradições antigas”, lamenta Baltazar Ulrich, que todos os anos se transforma no bom velhinho.

Para ele, o melhor é a energia que recebe: “Pra mim é energia pura. As crianças chegam aqui com brilho nos olhos. Até a minha neta, que tem sete anos e viu a gente montando tudo, quando vê o resultado fica encantada”, conta. Neste ano, por terem tomado uma decisão ‘tardia’, Baltazar e sua esposa decoraram toda a casa em quatro dias.

O papai Noel cuiabano conta que o que mais o impressiona são os idosos que visitam a casa: “Hoje em dia eu espero até mais pelos idosos... as crianças sempre vêm, mas para os idosos é a realização de um sonho”. E para o pessoal da terceira idade, o que vale é o abraço. Muitas vezes, eles nem pedem presentes. Baltazar ainda lembra-se da história que mais o marcou: “Uma vez uma senhora de 82 anos veio, sentou no meu colo, tirou foto e depois falou: Agora completei meu ciclo de vida, já posso morrer”.



As crianças ainda são as mesmas de vinte anos atrás. “Há uns dois, três anos elas me pediam muito celular, mas agora parou e voltaram a pedir bonecas... esses brinquedos mais lúdicos. Elas não me pediram nenhum eletrônico este ano”, conta o papai Noel. No primeiro dia em que abriu a casa, em cerca de duas horas, ele foi visitado por cerca de 250 pessoas.

Além de abrir sua casa, Baltazar também faz visitas a creches. Nesta semana, ele recebe algumas crianças da Associação dos Amigos da Criança com Câncer de Mato Grosso (AACC/MT), e também já recebeu muita gente que veio da periferia de Cuiabá. É a mesma coisa das crianças da área nobre: “Papai Noel é o sonho, a fantasia”.



A casa fica aberta até o dia 24 de dezembro, sempre a partir das 20h até a hora que o movimento acabar. Na noite de natal, 24, até as 21h. A decoração externa, no entanto, ficará intacta até dia 05 de janeiro. A casa fica na Avenida Rússia, 292, Bairro Santa Rosa 2.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet