Olhar Conceito

Quarta-feira, 14 de abril de 2021

Notícias / Tecnologia

aproximar do mercado

Empresa parceira da UFC e da CBF lança novo projeto de prevenção de lesões em Cuiabá

Da Redação - Isabela Mercuri

04 Abr 2017 - 11:02

Foto: Olhar Conceito

Cesar e Wuber

Cesar e Wuber

A EMG System do Brasil, parceira de empresas como UFC e da CBF, escolheu Cuiabá para lançar seu novo projeto de tecnologia. Na noite da última segunda-feira (3), o presidente Cesar F. Amorim deu uma palestra no Bistrô da Dega, no Jardim Shangri-lá, sobre os objetivos da empresa de ficar mais próximo ao mercado. Na plateia, estavam convidados donos de academias, estúdios de pilates, e donos de clínicas de fisioterapia.

Leia também:
Presidente da EMG System ministra workshop sobre 'saúde funcional para atletas'

Cesar é PhD pela University of New Brunswick, do Canadá, e tem mais de vinte anos de experiência. Em Cuiabá, ele conheceu Wuber Soares, doutorando pela Universidade de São Paulo (USP) e gerontólogo pela Sociedade Brasileira de Gerontologia, que se tornou seu consultor científico, e o convenceu a trazer o lançamento para a capital mato-grossense.


Público atento ao Workshop (Foto: Olhar Conceito)

A EMG é uma empresa que não tem um ‘produto de prateleira’. No entanto, é especializada em engenharia biomédica, e tem se dedicado principalmente a trabalhar com prevenção de lesões. Com toda a tecnologia existente, eles conseguiram, por exemplo, trabalha com Paolo Guerrero, jogador peruano, Ronaldo Fenômeno e grandes nomes do UFC.

“A partir da nossa tecnologia, com sensores, câmeras, plataformas de força, câmeras infravermelho, conseguimos identificar qual é o melhor tratamento para melhorar o ponto fraco de cada atleta”, explicou Cesar durante o Workshop.

Essas tecnologias de ponta podem ser muito caras, e é neste ponto que a EMG quer chegar com suas novas estratégias. Depois de viajar o mundo e levar seus produtos, por exemplo, para a China e para os Estados Unidos, eles querem entender porque não conseguem atingir o mercado brasileiro.



“Nós pensamos, então: se o problema é o preço, como podemos fazer?”, questionou Wuber. Na noite de segunda (3), para os pequenos empresários, donos de academias, eles propuseram o trabalho individualizado, ou seja, estudar a necessidade de cada cliente para levar as tecnologias. E, para cada um, também será proposto uma forma de negócio. “Se você chegar para mim e falar, por exemplo, que não tem meio milhão para investir em um equipamento e comprar, podemos pensar em uma licença de uso por tempo determinado, porque não?”

Esta nova forma de trabalhar da EMG System, apresentada em Cuiabá, deve ser espalhada para todo o país. Segundo César, que é PhD, é preciso “aproximar a academia do mercado”. Na prática: levar a tecnologia da empresa para o público em geral, trabalhando em cada segmento com o estudo de cada atleta para evitar lesões no futuro.

Serviço

O evento aconteceu no Casarão da Dega – Rua das Mangabeiras, Jd Shangri-lá.
Telefone: (65) 99929-2703
A EMG System do Brasil fica em São José dos Campos
Telefones: (12) 3942-4736 / (12) 98135-6609 

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet