Olhar Conceito

Quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Notícias / Cuiabá 300 anos

Trezentas mulheres importantes para a história cuiabana são homenageadas em exposição na AML

Da Redação - Isabela Mercuri

31 Jan 2019 - 17:34

Foto: Da Assessoria

Trezentas mulheres importantes para a história cuiabana são homenageadas em exposição na AML
Trezentas mulheres que foram importantes para a história de Cuiabá serão homenageadas a partir do próximo dia 14 de março, com uma exposição na Academia Mato-Grossense de Letras (AML). Idealizada pela juíza Amini Haddad, também ocupante de uma cadeira na academia, a mostra será realizada em comemoração ao aniversário de 300 anos da cidade (8 de abril) e também em alusão ao Dia das Mulheres (8 de março).



Leia também:
Comemoração dos 300 anos de Cuiabá começará com ‘Rally’ pelo Coxipó do Ouro
 
'300 Mulheres: Letras, História e Equidade' abre as portas às 18h do dia 14 de março. Na última quinta-feira (31), a juíza Amini se reuniu com várias artistas e representantes de instituições para eleger nomes daquelas que entrarão para a lista das homenageadas.
 
De acordo com a assessoria, a ideia é catalogar as representantes de expressões importantes da sociedade cuiabana, mesmo que não tenham nascido na cidade. "Nossa pretensão é trazer as vozes de 300 mulheres em um diálogo entre o passado e o presente para mostrar de fato todas as contribuições relevantes dessas pioneiras que alicerçaram o desenvolvimento em tantas projeções que precisamos reverenciar. Queremos trazer a mensagem de que as mulheres participam da história e tem muito a contribuir. O evento tem o compromisso com o passado, com o hoje e com o amanhã", explica Amini.
 
Isis Catarina Martins Brandão, representante do Instituto Histórico Geográfico de Mato Grosso, vai participar do evento com a exposição fotográfica e bibliográfica 'Mulheres mato-grossenses, e que mulheres'. Nela, serão apresentadas desbravadoras como Tereza de Benguela, liderança quilombola em Mato Grosso, e a desembargadora Maria Helena Póvoas, primeira e única presidente da OAB mato-grossense.
 
"Há muito faço essa pesquisa com mulheres que fizeram a diferença em Mato Grosso para trazer informações responsáveis sobre elas. Esse mostra, alavancada pela juíza Amini Haddad, será um resgate da memória que começa 1919 e chega aos dias atuais. Então, não será focada no passado, mas sim uma sequência da história na cidade."
 
Participaram também da reunião a cantora e compositora, Vera Capilé; a presidente da Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais de Cuiabá (BPW), Zilda Zompero; a cantora Áurea Maria; a secretaria adjunta de Assistência Social de Cuiabá, Hellen Ferreira, a artista Lúcia Palma e a representante da AML, Rita de Castro.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • LUIZ CARLOS BANDEIRA
    13 Mar 2019 às 22:57

    Onde encontrar a lista com os trezentos nomes das homenageadas?

  • Tainá
    10 Fev 2019 às 12:34

    Mulheres importantes... Quanta presunção!

Redes Sociais

Sitevip Internet