Olhar Conceito

Terça-feira, 22 de setembro de 2020

Notícias / Gastronomia

Aplicativo permite que donas de casa vendam refeição a quem mora por perto

Da Redação - Isabela Mercuri

24 Abr 2019 - 08:21

Foto: Reprodução/Internet

Aplicativo permite que donas de casa vendam refeição a quem mora por perto
Pode ser uma marmita, um lanche da tarde, um café da manhã. Qualquer alimento feito com carinho e cuidado poderá, a partir do próximo mês de maio, ser vendido para quem está por perto, por meio do aplicativo ‘Xeppa’, criado em Cuiabá. A plataforma está em período de testes, e os colaboradores já podem se inscrever.

Leia também:
Festa do Leitão no Rolete vai assar 150 suínos e espera 10 mil pessoas

Quem teve a ideia foi o goiano Mackenzie Nascimento, 40, que vive em Cuiabá há 34 anos. Ele, que estuda administração de empresas e trabalha como uber, além de já ter sido maitre e sommelier em restaurantes da cidade, contou com o apoio de dois empresários do ramo, Reginaldo Araújo (Tarantino Pizzas) e Jackson Slaviero (empresário no ramo de bebidas finas) para colocar a ideia em prática.

Reginaldo (esq.), Jackson (centro) e Mackenzie (dir.) (Foto: Arquivo Pessoal)

“Quando conheci os modos operacional do aplicativo Uber, achei fantástico! E vi como uma empresa que não tem nenhum carro virou a maior empresa de transporte público do mundo. Achei que poderia também estudar uma forma de trazer isso para o mundo gastronômico. Foi quando surgiu a xeppa, que na linguagem popular é isso: o fim de feira, em que as frutas e legumes ficam mais baratos”, contou ao Olhar Conceito.

Para ser um colaborador da ‘Xeppa’ não é necessário ser proprietário de restaurantes. O aplicativo vai funcionar por localização, e não oferecerá, necessariamente, o delivery. “Funcionará sempre num raio de 2,3 km, coisa que pode ser percorrida a pé, deixando tanto para o colaborador quanto para o cliente a opção de buscar seu pedido.  Isso será combinado entre eles, dentro da plataforma”, explica Mackenzie.

Por enquanto, a plataforma faz a ‘triagem’ dos colaboradores, e o criador garante que todos passarão por uma inspeção sanitária para averiguar a salubridade do local onde é preparado a comida.

Na ‘Xeppa’, as comidas serão divididas por regiões, como comida mineira, cuiabana, gaúcha, haitiana, venezuelana, dentre outras. A plataforma será disponibilizada tanto na Apple Store quanto na Playstore, e, ainda, será possível fazer o pedido diretamente no computador, pelo site.

“A ideia é justamente essa: a dona de casa disponibiliza a quantidade de refeições que ela deseja compartilhar, uma, duas, três, dez... Não importa! A quantidade que ela tem disponível! Aquela comidinha caseira, deliciosa, que iria sobrar, agora vai gerar faturamento com a venda, podendo ser também no jantar, no lanche da tarde, enfim, a qualquer hora”, finaliza o idealizador.

Para conhecer mais sobre a ‘Xeppa’, acesse o site AQUI. Também é possível se inscrever para ser um colaborador. 

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet