Olhar Conceito

Notícias / Diversão e Lazer

Sucesso nacional “Os Monólogos da Vagina” volta a se apresentar em Cuiabá

Da Redação - Thaís Fávaro

17 Jul 2019 - 09:48

Foto: Divulgação

Sucesso nacional “Os Monólogos da Vagina” volta a se apresentar em Cuiabá
Completando 18 anos de sucesso absoluto no Brasil, o espetáculo Os Monólogos da Vagina volta à Cuiabá nos dias 03 e 04 de agosto, no Teatro da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), com temas atuais como violência contra a mulher, menstruação, parto e outros, que por incrível que pareça, ainda são pautas polêmicas. Escrita por Eve Ensler (1996), a peça tem concepção original e adaptação do ator e diretor Miguel Falabella. O valor do ingresso: R$ 100 e R$ 50 (meia entrada) e pode ser adquirido através do site.

Leia mais
Editora e revista lançam edital para prêmio de literatura mato-grossense

Produzido em mais de 150 países e traduzido para mais de 50 idiomas, o espetáculo tornou-se fenômeno mundial. Depoimentos verídicos de mais de 200 mulheres colhidos pela autora em todo o mundo abordam de maneira extremamente bem-humorada, direta e livre de preconceitos uma reflexão sobre a relação da mulher com sua própria sexualidade.

A estreia brasileira desse fenômeno teatral aconteceu em 07 de abril de 2000, no Teatro Clara Nunes, no Rio de Janeiro, com incrível sucesso de público e crítica. A genialidade de Miguel Falabella na adaptação e direção do texto o tornou o primeiro diretor no mundo a escalar três atrizes para, ao mesmo tempo, encenarem as narrativas das entrevistas originais colhidas por Eve Ensler. Essa concepção, a pedido da própria autora que esteve presente na estreia brasileira, foi adotada mundialmente em todas as produções e assim permanece até hoje.

Com ingressos esgotados em todas as apresentações, o espetáculo transformou-se em fenômeno de público e crítica no Brasil, ganhando 5 prêmios Qualidade Brasil: Melhor Espetáculo (Rio e SP), Melhor Direção (Rio e SP) e Melhor Atriz (Zezé Polessa). Atrizes consagradas, como Zezé Polessa, Cláudia Rodrigues, Cissa Guimarães, Fafy Siqueira, Totia Meirelles, Bia Nunes, Lucia Veríssimo, Tânia Alves, Elizângela, Mara Manzan, Maximiliana Reis, Chris Couto e Claudia Alencar, dentre outras, se orgulham de um dia ter tido a oportunidade de encenar, com muito carinho e respeito, os depoimentos reais de todas as mulheres que tornaram essa obra possível. No elenco atual Cacau Melo, Maximiliana Reis e Sônia Ferreira. Todas já participaram do elenco do espetáculo, juntas ou separadamente em outras formações.

Muito mais que um espetáculo teatral, Os Monólogos da Vagina tornou-se um Movimento Mundial. Segundo Charles Isherwood, do The New York Times, “provavelmente a mais importante obra de teatro político da última década”.

Os ingressos podem ser adquiridos na Casa de Festas e Mega Bilheteria. Mais informações através do telefone: (65)99931-5863.

Serviço:

Peça Os Monólogos da Vagina

Quando: 03 de agosto, às 21h e 04 de agosto, às 19h.

Local: Teatro da UFMT

Valor do ingresso: R$ 100 e R$ 50 (meia entrada).

10 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Gonçalo Poconé
    23 Jul 2019 às 09:45

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • Jane
    20 Jul 2019 às 15:37

    Vencedor de 5 Prêmios, produzindo em.mais de 150 países...conheço pessoas que já assistiram e adoraram! E tem Jacu pra falar mal! Kkkk

  • ROSA
    18 Jul 2019 às 10:13

    já assisti aqui no Teatro da UFMT tempos atrás e quem puder ir não se arrependerá. Maravilhosa a peça. Até hoje lembro e rio sozinha.

  • Paolo
    17 Jul 2019 às 17:34

    100 pra isso aí? Tu tá de comédia né?

  • Cidadão De Bem
    17 Jul 2019 às 14:40

    Escrito em 1996 e continua atual, na verdade a violência aumentou muito nos últimos 20 anos, tanto de maneira geral como contra a mulher, o que significa dizer que as politicas propostas pelos governantes no período surtiram efeito inverso ao desejado. Graças a Deus o povo acordou e optou por mudar em Outubro passado, agora é plantar as sementes nos próximos anos e esperar que tudo melhore nos próximos 10~20 anos.

  • Saulo
    17 Jul 2019 às 13:13

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • nilton
    17 Jul 2019 às 12:21

    100 reais? 50 reais?

  • Gonçalo Poconé
    17 Jul 2019 às 11:36

    Já cumessaro a mi cortá. Ieu só quero sabê é u qui quié vagina, é mema coisa qui tchêro, xibíu, caxirí ?

  • Zeca
    17 Jul 2019 às 11:28

    Até o título é nojento. Imagina a peça.

  • Gonçalo Poconé
    17 Jul 2019 às 11:20

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

Redes Sociais

Sitevip Internet