Olhar Conceito

Sexta-feira, 07 de agosto de 2020

Notícias / Diversão e Lazer

Companhia Ayoluwa leva ritmo de afro tambores ao salão do MISC em oficina de dança afro-brasileira

Da Redação - Patrícia Neves

25 Jul 2019 - 09:00

Foto: Companhia Ayoluwa/Reprodução Facebook

Companhia Ayoluwa leva ritmo de afro tambores ao salão do MISC em oficina de dança afro-brasileira
A companhia de Teatro e Dança Ayoluwa realiza neste sábado (27), a oficina de expressão corporal e afro tambores “Dança Afro-brasileira”. O evento acontece no Museu da Imagem e do Som (MISC) a partir das 16h até às 19h, de acordo com a Prefeitura de Cuiabá. Um documentário temático será exibido como parte da programação.

Ayoluwa. Do idioma africano ioruba: alegria do nosso povo. Alegria que a companhia de teatro transmite em movimentos corpóreos, em ritmo ancestral e valorização cultural. A oficina em questão é uma das formas de atuação do grupo para resgatar, preservar e valorizar a cultura afro-brasileira. Os organizadores destacam que, mais do que apenas movimentos, a oficina promove formação da mentalidade crítica e reflexiva do  contexto afro-brasileiro.

Leia Mais:
Grupo Siriri Flor do Campo apresenta espetáculo Negritude sobre a riqueza cultural dos negros

“A Companhia de Teatro e Dança faz agora em setembro, 23 anos. O objetivo deste grupo em todo este tempo foi estudar, pesquisar e desenvolver esse trabalho de valorização e organização da cidadania dos afrodescendentes dentro de Cuiabá, usando a maior fonte de expressão que temos, que é o nosso próprio corpo pra contar a nossa própria história”, explicou Cristovão Luiz, coordenador do MISC e integrante da companhia.

De acordo com o coordenador do MISC, a oficina é mais um evento, a exemplo da Lavagem das Escadarias da Igreja do Rosário e São Benedito, que semeia o caminho para o Festival Kwanza, que será realizado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo no mês de novembro, em comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra.

Para participar da oficina de expressão corporal, não é necessária inscrição prévia, apenas comparecer ao MISC no horário de realização com roupas leves e de preferência coloridas. A dança é feita com os pés descalços e é indicada para qualquer pessoa com idade a partir dos 14 anos. A participação é gratuita. Mais informações pelo telefone (65) 9 8136-3741.

Serviço:

O que: Oficina de expressão corporal e afro tambores “Dança Afro-brasileira”

Quando: 27 de julho (sábado), a partir das 16h - entrada gratuita

Onde: Museu da Imagem e do Som – Lázaro Papazian Chau Rua Voluntários da Pátria n. 79, esquina com 7 de Setembro, Centro, Cuiabá (MT)

Horário de Funcionamento do MISC: Segunda a Sexta: 8h - 12h | 13h30 - 18h Sábados e Feriados: 8h - 16h

Visita agendada: (65) 3617-1238

Redes Sociais

Sitevip Internet