Olhar Conceito

Sexta-feira, 10 de julho de 2020

Notícias / Comportamento

Aplicativos de entrega ganham força na capital e trazem facilidade até com supermercado

Da Redação - Bruna Bom

10 Mar 2020 - 10:50

Foto: Divulgação

Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

Uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP), comprovou que existem 230 milhões de aparelhos celulares ativos no Brasil. Com toda a popularização do aparelho, a população agora pode usufruir diariamente dos benefícios da internet para facilitar o cotidiano. É o que acontece com os aplicativos de delivery em Cuiabá: o que antes seria uma longa e tediosa ida ao mercado ou à farmácia, se torna uma atividade rápida, prática, sem filas e que é concluída em apenas alguns clicks.

Leia mais:
Última edição do projeto "Tattoo+Ração" é realizado em Cuiabá

Apesar de ainda não estar equiparada com outras cidades, Cuiabá já dá seus primeiros passos em direção a um futuro promissor para quem trabalha e usufrui dos recursos dos aplicativos de entrega. Os primeiros aplicativos a funcionarem na capital foram iFood e Uber Eats. Desde então, outros aplicativos também se inseriram neste mercado. Um exemplo é o app James, que possibilita que o cliente faça suas compras em algum mercado da região, on-line, através da plataforma.

Após o início deste tipo de operação pelo James, o próprio iFood também começou a fazer entregas de supermercado.

Segundo pesquisas, 33% dos brasileiros usam apps pra pedir comida. Para a bancária Cátia Marcelino, de 42 anos, os aplicativos de entrega têm inúmeros benefícios. “Não tem coisa melhor. Ás vezes não da tempo de ir no restaurante almoçar e muito menos de cozinhar. É uma facilidade enorme que até minha filha de 13 anos usa para pedir suas sobremesas”, explicou.

Outro ponto positivo é a variedade. “Ninguém gosta de comer a mesma coisa todo dia, então cada dia peço de um restaurante diferente”, diz Cátia.

Para o artista Ricardo Freitas, de 21 anos, além da praticidade, os cupons de descontos são um dos maiores atrativos dos apps. “Os aplicativos oferecem descontos que se você comprar no estabelecimento, você não ganha. É uma economia de dinheiro e também de tempo, porque o pedido vem até mim, não preciso ir buscar em um restaurante”, explica o artista.

Para o entregador Marcelo Alvarenga, que há um ano trabalha com entregas nesse meio, a chegada dos aplicativos é uma oportunidade de complementar a renda. “Trabalho das seis ao meio dia no meu emprego fixo e depois começo as entregas. De madrugada é o horário que compensa mais. Finais de semana também, trabalho os dois períodos fazendo entregas por três aplicativos diferentes” explicou Marcelo. “A parte que mais me agrada é poder fazer meu horário e ter tempo livre para realizar outras tarefas cotidianas, como ir ao banco, lotérica e consultas médicas” completou.

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Redes Sociais

Sitevip Internet