Olhar Conceito

Quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Notícias / Cinema

Cineasta de MT se isola após chegar da Europa e aguarda resultado de exame do coronavírus

Da Redação - Isabela Mercuri

19 Mar 2020 - 14:05

Foto: Reprodução

Cineasta de MT se isola após chegar da Europa e aguarda resultado de exame do coronavírus
Por decisão própria, o cineasta Bruno Bini, diretor e roteirista do filme ‘Loop’, não voltou para casa quando chegou em Cuiabá, na última terça-feira (17). Ele estava na Europa para participar do Festival Internacional de Cinema do Porto, onde seu longa foi o filme de encerramento, e o Festival Internacional de Manchester, onde foi premiado.

Leia também:
“Infelizmente aqui o governo demorou para agir, o que causou pânico”, conta cuiabano que vive em Londres

“Eu decidi me isolar. Queria ter certeza de que não tenho nada antes de encontrar minha família e amigos. Tenho uma filha de dois anos e nove meses e meu pai está no grupo de risco. Então discuti a decisão com a minha esposa e achamos que seria a coisa mais prudente a se fazer”, contou ao Olhar Conceito.

Antes mesmo de chegar, Bruno entrou em contato com a vigilância sanitária do município. Ele não tem muitos sintomas, apenas pouca tosse, mas mesmo assim fez o exame do novo coronavírus. O resultado deve sair em sete dias e, enquanto isso, está tomando todas as precauções.

“Eu estou tentando manter a normalidade, trabalhando de maneira remota. Vejo um filme, escrevo um pouco. Mas evito sair, quando peço uma comida, por exemplo, digo para deixarem fora do quarto e só então eu abro a porta para pegar. Tomando os cuidados que foram sugeridos pela equipe da vigilância”, afirma.

Entrando no Brasil

Segundo Bruno, não houve nenhum problema ou dificuldade para entrar no Brasil após sua viagem. Inclusive, contou que o voo e o aeroporto estavam lotados, já que muita gente antecipou a volta para o país.

O Brasil não está fazendo nenhum tipo de controle nos aeroportos. Quem chega dos voos internacionais não vê nem mesmo alertas em relação ao novo COVID-19. Blogueiras de viagem relataram em suas redes sociais que, mesmo quando se procura o balcão de informações afirmando que está com sintomas, não há isolamento ou aferição de temperatura, como já acontece em outros países.

Nesta quinta-feira (19), o Brasil fechou as fronteiras terrestres por um período mínimo de 15 dias. Além disso, ainda nesta quinta deverá ser publicada uma portaria restringindo a entrada de estrangeiros nos aeroportos. Até agora, no entanto, os voos e chegadas seguem normais.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet