Olhar Conceito

Sábado, 23 de janeiro de 2021

Notícias / Tecnologia

Origem do papel sulfite

Da Assessoria - Webfoco

10 Nov 2020 - 15:05

Origem do papel sulfite
Origem do papel sulfite

A folha de papel sulfite está presente na rotina de quase todas as pessoas desde cedo como em simples atividades escolares. Esse tipo de folha é muito versátil e pode ser utilizada em diversas atividades como: pintura, desenho, escrita e em impressões.

Nos primórdios, antes da criação do papel, os seres humanos registravam suas atividades do dia a dia gravando símbolos e desenhos em pedras, metais e até mesmo folhas de bananeiras.

Felizmente, o papel sulfite A4 facilitou a comunicação escrita e é indispensável no cotidiano da maioria das pessoas. Pensando nisso, o post irá explicar qual a origem do papel sulfite, confira.


Origem

O papel tem como origem o papiro — uma planta proveniente das margens do rio Nilo no Egito, da qual se extraia fibras para a fabricação de cordas, folhas feitas de papiro para escrita e outros.

Foi somente em 105 d.C que o papel foi inventado por T’sai Lun, na China. O primeiro papel foi criado a partir de uma mistura umedecida de casca de amoreira, cânhamo, pedaços de tecidos e outros materiais com fibras vegetais.

Os materiais eram batidos até formar uma pasta, eram peneirados até ser obtida uma camada fina que era deixada para secar no sol. Essa receita era guardada a sete chaves porque o comércio de papel era muito lucrativo na época.

Esse processo de fabricação criado por T’sai Lun foi aprimorado e possibilitou que diferentes tipos de papéis, como o papel sulfite, fossem criados, fazendo com que o papel ganhasse uma produção em escala industrial.

No Brasil, o papel começou a ser produzido em 1809 no Rio de Janeiro, chegou ao Estado de São Paulo com o desenvolvimento industrial proporcionado por imigrantes europeus que trabalhavam na cultura do café.

Atualmente, uma distribuidora de papéis tem um trabalho de imensa importância, considerando que o papel é um dos produtos mais consumidos no mundo.
 
Impactos ambientais

O Brasil é um grande produtor de papel, o papel produzido no país é proveniente de florestas plantadas, ou seja, feitas especialmente para a produção de papel e, além disso, o papel é reciclável, desse modo, grande parte retorna ao ciclo produtivo após o consumo.

Já em países, como o Canadá, as folhas de papel são produzidas a partir de florestas nativas presentes no país, o que é um aspecto negativo e significativo de desmatamento.

Apesar disso, a indústria busca o avanço e melhoria em seus processos para uma produção de papel sulfite A4 mais limpa e com menor impacto ambiental.
 
Por que o papel sulfite tem esse nome?

A palavra papel vem do latim papyrus, dos já citados anteriormente papiros utilizados para a produção de papel, cordas e outros. Já o papel sulfite, utilizado como papel para impressora e copiadora é chamado assim pois um de seus componentes é o sal de ácido sulforoso, também chamado de “sulfito”.

O papel foi e continua sendo parte da história da humanidade!

Redes Sociais

Sitevip Internet