Olhar Conceito

Segunda-feira, 08 de março de 2021

Notícias / Música

Vencedor do Prêmio de Música Nega Mato recebe valor em dinheiro, gravação de single e mais

Da Redação - José Lucas Salvani

09 Fev 2021 - 11:00

Foto: Rodolfo Luiz

Vencedor do Prêmio de Música Nega Mato recebe valor em dinheiro, gravação de single e mais
A primeira edição do Prêmio Música Nega (Negócio da Arte) Mato tem premiação de R$ 1 mil, gravação de single acompanhado do cantor Rogê Além e uma sessão de fotos com o fotógrafo Rodolfo Luiz. Além de prêmios, haverá ainda uma oficina de produção cultural com Julianne de Quadros, idealizadora do projeto.

Leia mais:
Dona Eulália é homenageada em videoclipe e música inédita de João Eloy

Entre os requisitos para concorrer ao prêmio, que possui recursos da Lei Aldir Blanc, o candidato deve ser negro ou indígena, morar em Cuiabá e ser intérprete. Julianne ressalta que a curadoria atribuirá critérios e pontuações extras para candidatas mulheres ou transgêneros, que toquem instrumento e que ainda, sejam autores da música do vídeo apresentado na proposta.

Além de responder ao questionário, disponível aqui, os candidatos devem enviar arquivo ou link que direcione para vídeo em que interprete uma música. As inscrições estarão disponíveis apenas até esta quarta-feira (10).

“Para descomplicar, dá para gravar em vídeo pelo próprio celular, não precisa ser nenhuma gravação profissional. Já sobre a pontuação, vale ressaltar que boa parte dos pontos são garantidos mesmo pelo talento, desenvoltura, afinação e performance”, destaca.

Oficina de produção cultural

Com grande conhecimento técnico da área de gestão de projetos e prestação de contas, Julianne espera contribuir para a elaboração de novas propostas na área com uma oficina de produção cultural online. Serão duas turmas que irão elaborar projetos e planos de ação, captar recursos e prestar contas. As inscrições podem ser feitas aqui.

“Precisamos fomentar a ampliação do número de realizadores negros e indígenas, pois afinal, propostas boas não faltam. Trabalhando esse tipo de capacitação acabamos por fortalecer a autoestima e artistas confiantes têm muito mais chances de empreender na área da economia criativa”.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet