Olhar Conceito

Terça-feira, 30 de novembro de 2021

Notícias / Turismo

Grutas no Uruguai entram para rede de geoparques da Unesco

G1

10 Set 2013 - 17:00

Dez novas áreas, entre elas as "Grutas do Palácio", no Uruguai, foram incorporadas à Rede Mundial de Geoparques da Unesco, que agora soma cem lugares, situados em 29 países, informou a organização sediada em Paris em um comunicado.

Os novos geoparques, situados em Áustria, China, Eslovênia, Itália, Japão, Holanda, Portugal, Turquia e Uruguai, foram admitidos na reunião que a entidade realiza em Jeju (República da Coreia), informou a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.

Trata-se do primeiro geoparque do Uruguai a se integrar à rede da Unesco e o segundo da América Latina, depois do brasileiro de Araripe, no Ceará.

Com 3.641 km quadrados, território que abarca quase todo o departamento (estado) de Flores (centro-oeste), o parque reúne 14 geo-sítios, como antigas pedreiras, uma região com pinturas rupestres, um mar de pedras e as famosas Grutas do Palácio, que integram o sistema nacional de áreas protegidas, explicou o geólogo César Goso, que trabalha há cinco anos no local.

Composto de formações rochosas com mais de dois milhões de anos, o geoparque alimenta a expectativa das autoridades de incrementar o turismo sustentável na região.

"As rochas do embasamento cristalino do cráton do Rio da Prata se estendem por quase todo o subsolo do Uruguai e só afloram à superfície no sul e no leste do país, formando uma peculiar paisagem de colinas", destacou a Unesco.

"As formações rochosas que podem ser vistas no geoparque são muito antigas, pois datam do Pré-cambriano, embora possam ser encontradas nele diversos tipos de rochas e sedimentos característicos de outros períodos geológicos", acrescentou.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Redes Sociais

Sitevip Internet