Olhar Conceito

Quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Notícias / Artes Cênicas

Dança em Cena do SESC Arsenal traz espetáculos com Companhias de Mato Grosso em fevereiro

Da Redação - Marianna Marimon

31 Jan 2014 - 09:13

Foto: Reprodução

A leveza da alma espetáculo da Cia Voo Livre de Cuiabá

A leveza da alma espetáculo da Cia Voo Livre de Cuiabá

É tempo de dança no SESC Arsenal. No mês de fevereiro, os corpos estarão esvoaçantes no Teatro do SESC, com apresentações gratuitas para todos os públicos que prometem trazer leveza, fragmentos, e o desconexo. Companhias de dança de Rondonópolis, Cáceres e de Cuiabá se apresentam nos dias 14, 15 e 16, sempre às 20h. O “Dança em Cena”, projeto do SESC traz à cena artística, mais movimento para se abstrair, inspirar ou refletir.

Leia também: José Medeiros realiza expedição fotográfica no Pantanal em fevereiro; Entenda

Para abrir a temporada do “Dança em Cena”, a primeira apresentação ocorre no dia 14 de fevereiro às 20h no Teatro do SESC, com a Cia Arte em Movimento de Rondonópolis, com o espetáculo “Desconexos”, que não é recomendado para menores de 12 anos.

Encontros e desencontros. Esta é a tônica do espetáculo “Desconexos”, que irá analisar sob a ótica da tecnologia e da conexão. Como as pessoas ficam alienadas com a tecnologia e com isso, compartilhar com o público, o amor, a solidão, o desapego e o cuidado.

“É a dança das simples ações cotidianas. Desconexos é uma nova proposta visual com a tentativa de percepção e leitura de si mesmo”, diz a descrição do espetáculo.

“Fragmentos de um Pensamento” é o espetáculo que será apresentado no dia 15 de fevereiro às 20h, no Teatro do SESC. Concebido pela “Charm Dance Cia. de Dança” de Cáceres, foi criado com o propósito de difundir as linguagens corporais. O espetáculo traz como criadores os professores, educadores e pesquisadores de danças urbanas: Elânio Domingues, Suhmara Untar e Deisiane Ferreira. O espetáculo é livre para todos os públicos.

Trabalhando um contexto filosófico e renascente dentro de uma sociedade em que se vive para mostrar a capacidade de cada um como ser pensante em seu mundo, fazendo com que o público possa refletir a importância de cada indivíduo como ser único do universo.

Para fechar o “Dança em Cena”, o último espetáculo acontece no dia 16 às 20h, no Teatro, com Voo Livre Companhia de Dança de Cuiabá. “A Leveza da Alma” se trata de experimentos de movimentações de dança neoclássica, tendo como base a técnica americana criada por George Balanchine (bailarino russo naturalizado norte-americano).

Aliada à técnica foi composta com a trilha sonora de Handel e o compositor clássico brasileiro Heitor Villa Lobos. Por tradição, a Voo Livre busca sempre inovar a forma da dança do corpo e explorar ao máximo as qualidades de cada indivíduo no meio artístico valorizando as linhas e as formas da dança neoclássica. Este espetáculo possui restrição para menores de 10 anos.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet