Olhar Conceito

Notícias / Música

bálsamo para ouvidos

Chorinho e Bonfim se embolam no ziriguidum do samba cuiabano

Da Redação - Rodrigo Maciel Meloni

08 Mai 2013 - 16:35

Foto: Isa Sousa

Chorinho e Bonfim se embolam no ziriguidum do samba cuiabano
A retomada da parceria do bar Choros e Serestas e da cantora de samba Luciana Bonfim é um agrado musical à noite cuiabana. Com seu ‘samba de pequizá’, alusão que a cantora faz a um dos frutos símbolos da culinária local – o pequi, e que batizará seu primeiro trabalho, a ser lançado no primeiro semestre de 2014, Luciana Bonfim continua a levar arte e entretenimentos para aqueles que, como na música, não são ruins da cabeça nem doentes do pé.

Cantora cuiabana se apresenta com clássicos da MPB em reduto do samba

Em ntrevista dada anteriormente ao Olhar Direto, a cantora explicou que sofre influencia de estilos diversos da MPB, como baião, samba e choro. “Meus compositores preferidos são Noel Rosa, Lupicinio Rodrigues, Chico Buarque, João Nogueira, Paulo César Pinheiro e Cartola”, diz a cantora.

Luciana e seu longo tempo de estrada já caminharam por festivais diferenciados e diferentes, como Calango, Grito Rock e Festival de Inverno de Chapada dos Guimarães são apenas alguns deles, também já teve presença cativa em bares da meca do samba nacional: a Lapa, no Rio de Janeiro.

Antes disso, morou por um ano em Curitiba (PR), onde fixou residência para estudar música. “Comecei a carreira solo no bar Choros e Serestas, berço para o qual eu retornei desde que voltei do Rio do Janeiro”. Na cidade maravilhosa, Luciana conseguiu uma façanha: foi finalista de um famoso concurso chamado "Novos Bambas do Velho Samba".

Serviço

Para quem quiser conferir o trabalho da cantora, o bar Choros e Serestas fica próximo ao Choppão, na Rua Estevão de Mendonça, nº 869, bairro Quilombo, quase em frente ao prédio do Ministério Público Federal (MPF).

Mais informações 65 3634-6450.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet