Olhar Conceito

Sexta-feira, 15 de outubro de 2021

Notícias / Política Cultural

Deputado Jean Wyllys defende adoção de crianças por homossexuais

Agência Senado

29 Mai 2013 - 14:30

O deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) defendeu, em audiência pública que aconteceu nesta manhã no Senado, a adoção de crianças por casais do mesmo sexo. Ele ressaltou que a dificuldade para que homossexuais façam uma adoção "não é legal, mas cultural".

Um dos problemas, segundo Wyllys, é que muitas pessoas, "inclusive parlamentares", associam o homossexualismo à pedofilia, embora várias pesquisas mostrem que os pedófilos são, na maioria das vezes, homens heterossexuais.

- Apesar desses dados, o que prevalece no senso comum é a associação entre homossexualismo e pedofilia, e para muitos é difícil ignorar o senso comum quando se tem uma eleição pela frente - criticou.

O deputado afirmou que outra ideia comum é que a orientação sexual dos pais - no caso, homossexuais - irá influenciar a orientação sexual dos filhos. Ao citar seu próprio caso (Wyllys é homossexual), ele observou que seus pais são heterossexuais.

- E, mesmo que influencie, é como se fosse um problema, um destino imperfeito, ser homossexual - protestou.
Ao explicar por que os casais homossexuais querem adotar filhos, Wyllys disse "a família está em transformação desde o século 17, quando as pessoas passaram a se casar por amor".

O deputado fez essas declarações em audiência pública que acontece na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado (CDH) para debater entraves legais para a adoção de crianças.

Lançada revista 'Em Discussão!' sobre a adoção de crianças

Na abertura da reunião da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) desta quarta-feira (29), foi lançada a 15ª edição da Revista Em Discussão!, que aborda o tema “Adoção, mudar um Destino”. O editor-chefe da revista, João Carlos Teixeira, informou que existem 40 mil crianças em abrigos brasileiros, seis mil em cadastros para adoção e 30 mil famílias interessados em adotar uma criança.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet