Olhar Conceito

Notícias / Tecnologia

nesta terça

Associação Brasileira de Publicidade chega a MT e promete projetar a propaganda do estado a nível nacional

Da Redação - Isabela Mercuri

16 Nov 2015 - 17:48

Foto: Reprodução

Associação Brasileira de Publicidade chega a MT e promete projetar a propaganda do estado a nível nacional
Um evento de lançamento das atividades da Associação Brasileira de Agências de Publicidade (ABAP) em Mato Grosso acontece nesta terça-feira (17), às 19h no Auditório da Fiemt (Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso). A primeira diretoria foi eleita e será composta por Alvaro de Carvalho (Soul Propaganda) como presidente, Gustavo Vandoni (FCS Comunicação) como diretor de relações interassociativas e Frederico Parma como diretor administrativo financeiro.

Leia mais:
Estudantes mato-grossenses criam aplicativo para prevenir desperdício e apresentam em feira internacional
Evento de marketing digital traz criadores famosa página governamental no Facebook para Cuiabá

“Queremos inicialmente trabalhar na qualificação do contratante, pois quanto mais qualificado ele estiver, mais exigirá um parceiro que preste bons serviços, fortalecendo o mercado”, afirmou o presidente eleito. O publicitário ainda afirmou que a Associação de Mato Grosso vai trabalhar junto à ABAP nacional nas melhorias da legislação que envolve a publicidade e na reinvenção do mercado: “Vamos dar corpo à entidade nacional em discussões no Congresso em relação à propaganda e ao Conselho Executivo de Normas Padrão (Cenp) para que o mercado esteja protegido, fortalecido e atual”, informou Carvalho.

A ABAP concentra, nacionalmente, cerca de 80% de toda a mídia comprada no país. Suas associadas são responsáveis por 78% do investimento publicitário brasileiro em mídia, movimentando cerca de 3.200 profissionais e 4.100 clientes. Só em Mato Grosso, são oito as agências de publicidade associadas.

Criada em 1949, a associação defende e divulga interesses de agências brasileiras associadas à indústria de comunicação. Ela está presente em todos os estados do país, e é a maior organização da América Latina.

É de sua responsabilidade a co-fundação do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publiciária (Conar), do Conselho Executivo das Normas-Padrão (Cenp), do Instituto Verificador de Comunicação, do Fórum Permanente da Indústria da Comunicação (Forcom) e do Fórum de Produção Publicitária e do Fórum do Audiovisual e do Cinema (FAC). Além disso, é entidade fundadora e integrante da Confederação da Publicidade dos Países de Língua Portuguesa (CPPLP).

A associação também contribuiu para a aprovação da Lei 12.232, que regulamenta os critérios para licitações públicas e é sister association das entidades Associação Americana de Agências de Publicidade (AAAA) e Associação Europeia de Agências de Comunicação (Eaca).

Com a instalação da ABAP em Mato Grosso, a primeira etapa de trabalho da diretoria será apresentar a associação aos demais órgãos, associações de classe e veículos de comunicação: “Vamos às entidades associativas que representam os anunciantes locais, como CDLs, associações comerciais, entre outros, com material de apoio institucional, para explicar as relações comerciais do mercado publicitário”, explicou o diretor Administrativo e Financeiro, Frederico Parma.

O presidente Carvalho ainda ressaltou que a participação de mais agências será fundamental para a defesa dos interesses da classe: “É uma associação das agências e ela só será forte se todas as empresas estiverem unidas no mesmo interesse de uma publicidade cada vez mais qualificada e reconhecida nacionalmente. Será importante a participação de todos com propostas e ideias para a melhoria do mercado”.

Segundo o diretor Parma, a ideia é projetar a propaganda de Mato Grosso a nível nacional: “Nossa propaganda, nesses últimos 10 anos, evoluiu muito e, hoje, se iguala em nível criativo e qualidade de produção aos maiores mercados do país.
Acredito que o futuro das agências, junto com o melhoramento da velocidade de banda da internet, seja a descentralização de mercado, ou seja, agências locais atendendo outros mercados, sejam regionais ou nacionais. Vamos trabalhar por uma regulamentação de mercado forte e clara para que, no futuro, as agências se igualem em oportunidades e, assim, tragam uma competitividade saudável para todo o mercado”, finalizou.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet